• Anuncie Aqui

Empresas brasileiras de móveis participam de missão comercial aos Emirados Árabes

publicado em 22 de Março de 2018

Mais de vinte empresas da indústria brasileira do mobiliário (Móveis THB, Arteli, Cristais São Marcos, KK Móveis, Carrarto, Saccaro, Multimóveis, Bertolini, Robel, BRV Móveis, DJ Móveis, Móveis Lopas, Flexform, MZartes, Artesano, Riccó, Roddes, Henn, Santos Andirá, Kappesberg e Moval) compõem a delegação à Missão Comercial: Países do Golfo e região, de 25 a 29 de março, durante a Index Exhibition, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A ação é uma realização do Projeto Brazilian Furniture, uma iniciativa da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário – ABIMÓVEL, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – APEX-BRASIL, e faz parte de uma programação de inteligência comercial onde as empresas têm a oportunidade de consolidar clientes, abrir novos negócios, prospectar o setor e realizar muitos contatos.

O primeiro dia da Missão Comercial contará com um seminário técnico às empresas brasileiras e contará com a presença da APEX-BRASIL, Embaixada Brasileira, Broggini, Al Tamimi & Co, Loco Architecture + Design e da Association of Professional Interior Designers. Juntos, falarão sobre a região do Golfo Pérsico, oportunidades de negócios, design, arquitetura e tendências.

(mais…)

EUA vão negociar tarifa do aço com Brasil, diz Temer

publicado em 22 de Março de 2018

Presidente brasileiro afirmou que governo norte-americano se comprometeu a discutir eventual exceção à cobrança de sobretaxa nas importações de aço e alumínio.

O presidente Michel Temer informou nesta quarta-feira (21) que os Estados Unidos começarão a negociar com o Brasil nova tarifa para importação de aço e alumínio. Ao falar sobre a medida, informada em nota do governo norte-americano, Temer ressaltou que a nova tarifa não será aplicada enquanto as negociações estiverem em curso.

“Estou vendo agora uma declaração feita pela Casa Branca que o Brasil é um dos países com quem começarão as negociações visando a eventual exceção às tarifas sobre importação de aço e alumínio. As novas tarifas, diz a mensagem da Casa Branca, não se aplicarão enquanto estivermos conversando sobre o tema. Uma boa notícia”, disse o presidente, durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

A previsão era que as tarifas fossem aplicadas a partir desta sexta-feira (23) duas semanas depois da promulgação por parte de Trump

Brasil e Argentina discutem ampliação da integração produtiva e comercial

publicado em 22 de Março de 2018

Ministro Marcos Jorge participou em Buenos Aires-AR, da 6ª reunião da Comissão de Produção e Comércio Brasil-Argentina que encerrou dois dias de discussões técnicas

Buenos Aires, Argentina (21 de março) – Delegações dos ministérios da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), pelo Brasil, e da Produção, pela Argentina, concluíram hoje a sexta reunião da Comissão de Produção e Comércio que envolve os dois países, em menos de dois anos. “A cada edição da Comissão de Produção e Comércio renovamos o nosso compromisso com a busca de maior concertação econômica e comercial nos planos bilateral, regional e multilateral”, declarou o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge.

O ministro enfatizou os avanços obtidos desde a criação da Comissão, em abril de 2016, e o crescimento de 20% na corrente de comércio entre Brasil e Argentina no ano passado. “Os dados indicam firme reversão na tendência de queda no fluxo bilateral verificado desde de 2013 e que nos preocupava. Apesar da melhora, ainda temos muito a recuperar. Não tenho dúvidas de que trabalharemos de forma construtiva com esse objetivo”, acrescentou.

(mais…)

Mercosul discute políticas de inserção de MPEs no comércio internacional

publicado em 21 de Março de 2018

Tema passa a ser prioritário. Marcos Jorge de Lima esteve reunido com demais ministros de Comércio do bloco econômico, nesta terça-feira em Assunção

(Assunção, Paraguai, 20 de março) – As pequenas e médias empresas com atividade nos países que integram o Mercosul terão a inserção no comércio internacional como uma das prioridades nas políticas unificadas do bloco. A decisão partiu dos ministros de Indústria e Comércio do bloco, que se reuniram pela quarta vez hoje em Assunção, no Paraguai. O encontro contou com a presença do ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços brasileiro, Marcos Jorge.

A proposta é criar um grupo de trabalho envolvendo as pastas do Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina para discutir e apresentar, ainda neste semestre, um plano de trabalho para promover as empresas de pequeno porte. “Temos que apontar medidas claras e objetivas. Estas empresas são a maioria em nossa economia, fundamentais para gerar emprego e desenvolvimento ”, defendeu Marcos Jorge.

Os sócios do Mercosul pretendem trocar experiências e conhecimento para obter avanços em temas como legislação, redução de burocracia nas operações, capacitação de empreendedores e financiamento para fomentar negócios. Pelo lado brasileiro, participará a Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa (Sempe), ligada ao MDIC.

(mais…)

Brasil e Colômbia vão facilitar comércio de bens e incentivar micro e pequenas empresas

publicado em 21 de Março de 2018

Os ministros Marcos Jorge de Lima, pelo lado brasileiro, e María Lorena Gutiérrez Botero, pelo colombiano, assinaram dois memorandos de cooperação técnica em Brasília

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge, e a ministra colombiana do Comércio, Indústria e Turismo, María Lorena Gutiérrez Botero, participaram, nesta terça-feira, de cerimônia, no Palácio do Planalto, para a assinatura de dois memorandos de cooperação técnica. O primeiro trata da implementação de Certificado de Origem Digital (COD), no comércio de bens entre os dois países, e o segundo, de ações de fomento aos micro e pequenos negócios.

“A cooperação internacional é fundamental para o desenvolvimento da nossa economia. O intercâmbio de conhecimento e de boas práticas só traz ganhos para as nações envolvidas nesse tipo de iniciativa”, avalia o ministro Marcos Jorge.

(mais…)

Portaria da Receita Federal reduz o controle aduaneiro nos Portos, Aeroportos e Postos de Fronteira

publicado em 20 de Março de 2018

Um ato administrativo da Receita Federal do Brasil pode tornar ainda mais frágil o controle aduaneiro realizado nos portos, aeroportos e postos de fronteira de todo o país. No dia 2 de março deste ano, a administração da Receita Federal publicou a Portaria nº 310 que dimensiona os plantões noturnos nos portos, aeroportos e pontos de fronteira e estabelece limites máximos de servidores que devem atuar nos plantões noturnos da Vigilância Aduaneira, da Bagagem, do Despacho e da Gestão de Risco. Veja aqui a cartilha do Sindireceita “Controle Aduaneiro de Fronteiras: A fragilização da presença fiscal na zona primária”.

De acordo com a portaria, o Porto de Santos/SP é o único que possui previsão de ter 2 Analistas-Tributários atuando durante o plantão noturno. Nos demais 20 portos, as ações de vigilância aduaneira nos plantões noturnos serão realizadas por apenas 1 Analista-Tributário da Receita Federal.

Apenas para dar uma dimensão dos desafios envolvidos no controle aduaneiro nessas unidades, no ano de 2017, um total de 4.179.346 contêineres foram movimentados nos portos brasileiros, sendo 2.098.020 com cargas para exportação, pesando 47 milhões de toneladas, e 2.081.326 com cargas de importação, pesando 32 milhões de toneladas. Essa movimentação de cargas ocorre nos principais portos durante as 24 horas do dia, 7 dias da semana, 365 dias do ano, ou seja, um fluxo ininterrupto de mercadorias, bens, veículos e pessoas circulando em recintos alfandegados, zona primária, envolvidas no comércio internacional e sob controle da Receita Federal do Brasil.

(mais…)

Compensação ambiental feita pelo Porto Itapoá dá surgimento a reserva natural gigante

publicado em 20 de Março de 2018

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) oficializou a criação da Reserva Natural de Preservação da Natureza Padre Piet Van der Aart, no município de Itapoá, no litoral Norte de Santa Catarina. A nova reserva é resultado do projeto de compensação ambiental do Porto Itapoá, que, ao suprimir 28 hectares para a ampliação do terminal portuário, compensou em dez vezes a área suprimida em forma de Reserva Natural.

Oficializada pelo ICMBio no Dia Nacional das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) – dia 31 de janeiro -, a Reserva Padre Piet Van Der Aart nasce, assim, com 285 hectares e, somada à RPPN Volta Velha já existente, totalizará 875 hectares, ou 8,75 milhões de metros quadrados. Volta Velha, a primeira área particular preservada do município, foi criada em 1992, com 590 hectares. A RPPN é uma unidade de conservação de domínio privado, gravada com perpetuidade na matrícula do imóvel, com o objetivo de conservar a diversidade biológica.

(mais…)

ÚLTIMOS DIAS: INSCRIÇÕES PARA A FEIRA BRASIL TECNOLÓGICO 2018

publicado em 20 de Março de 2018

Empresas brasileiras dos setores de Máquinas e Equipamentos, Equipamentos Médico-Odontológicos, Tecnologia da Informação, Químicos e Fármacos, Telecomunicações, Eletroeletrônicos, Sucroalcooleiro, Iluminação, Autopeças, Plásticos e Defesa podem se inscrever até o dia 23 de março para o Brasil Tecnológico 2018, que será entre os dias 21 e 25 de maio, em Monterrey e na Cidade do México, no México.

O Brasil Tecnológico é um evento de promoção comercial conjunta de setores produtivos brasileiros ligados à tecnologia. A ação é uma ponte entre os empreendedores brasileiros e as oportunidades existentes no mercado mexicano e tem o objetivo de potencializar as exportações das empresas brasileiras, fortalecendo seu processo de internacionalização e consolidando a imagem competitiva do país como fornecedor de tecnologia.

Durante o evento, os empresários brasileiros terão a oportunidade de participar de rodadas de negócios com compradores mexicanos e de seminários técnicos, nos quais serão apontadas as melhores oportunidades de negócios entre o Brasil e o México.

(mais…)

Comitê de Governança Estratégica do MDIC aprova 40 novas medidas de desburocratização

publicado em 20 de Março de 2018

O ministro Marcos Jorge destaca que a aprovação do novo Plano de Desburocratização expressa o esforço do MDIC para ganhar eficiência, agilidade e qualidade nos serviços prestados

Brasília (19 de março) – Foi realizada nesta segunda-feira, em Brasília, a 6ª Reunião do Comitê de Governança Estratégica (CGE) do MDIC. Um dos principais objetivos da reunião foi fortalecimento da agenda de desburocratização do Ministério. Com intuito de avançar na agenda de simplificação, o CGE aprovou na reunião do comitê um conjunto de 40 novas medidas que irão compor o novo Plano de Desburocratização do MDIC 2018. As ações elencadas no plano referem-se, principalmente, a medidas de simplificação de normas e procedimentos, de informatização de processos e serviços e o desenvolvimento de guichês únicos de atendimento ao usuário.

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge, destaca que a aprovação do novo Plano de Desburocratização expressa o esforço institucional do órgão para alcançar mais eficiência, agilidade e qualidade nos serviços prestados.

(mais…)

Balança comercial: terceira semana de março tem superávit de US$ 1,672 bilhão

publicado em 19 de Março de 2018

No mês, houve crescimento de 11,9%, em razão do aumento nas vendas de manufaturados, semimanufaturados e básicos

Na terceira semana de março de 2018, a balança comercial teve superávit de US$ 1,672 bilhão – com exportações no valor de US$ 4,910 bilhões e importações de US$ 3,238 bilhões. No ano, as exportações totalizam US$ 45,997 bilhões e as importações, US$ 34,678 bilhões, com saldo positivo de US$ 11,319 bilhões.

A média das exportações da terceira semana deste mês (US$ 981,9 milhões) ficou 1% acima da média até a segunda semana (US$ 972,4 milhões) em função do aumento das vendas externas de produtos básicos (8,4%, por conta de petróleo em bruto, minério de ferro, carnes de frango e bovina, café em grão, bovinos vivos) e semimanufaturados (7%, em razão de semimanufaturados de ferro e aço, ferro-ligas, açúcar em bruto, catodos de cobre, madeira em estilhas, madeira serrada ou fendida). Já as vendas de produtos manufaturados tiveram queda (-9,3%, causada, principalmente, por óleos combustíveis, óxidos e hidróxidos de alumínio, suco de laranja congelado, polímeros plásticos, tubos de ferro fundido, gasolina).

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Página 5 de 274« Primeira...34567...102030...Última »