Abimaq registra queda de 14,8% no faturamento do setor em outubro

publicado em 1 de dezembro de 2016

O faturamento líquido da indústria de máquinas e equipamentos do Brasil caiu 14,8% em outubro ante setembro e recuou 22% ante outubro de 2015, totalizando R$ 5,077 bilhões, conforme a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). No acumulado do ano até o mês passado, o setor faturou R$ 55,851 bilhões, baixa de 26,0% ante igual período de 2015.
No mês passado, a balança comercial do setor de máquinas e equipamentos registrou déficit de US$ 512,3 milhões, alta de 32,2% em base mensal, mas recuo de 41,8% ante o saldo do mesmo mês de 2015. Nos dez primeiros meses de 2016, a balança comercial do setor tem saldo negativo de US$ 6,743 bilhões, queda de 32,0% ante igual período do ano passado.

Em outubro, as importações somaram US$ 1,114 bilhão, alta de 11,3% na comparação mensal, mas recuo de 23,6% em base anual. Já as exportações alcançaram US$ 601,3 milhões no mês passado, baixa de 1,9% ante setembro, mas alta de 3,9% em relação a um ano antes.

(mais…)

Brasil divulgará produtos para consumidor final japonês

publicado em 1 de dezembro de 2016

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) dará início, em dezembro, a uma campanha publicitária especialmente voltada para o consumidor final japonês.

Utilizando como alicerce os diferenciais do produto brasileiro já amplamente reconhecidos no mercado do Japão – como a qualidade, o status sanitário e o perfil sustentável da produção – a ação tem como objetivo ampliar a percepção do consumidor final japonês sobre os produtos com a procedência Brazilian Chicken e Brazilian Pork – marcas dos projetos setoriais mantidos pela ABPA e pela Apex-Brasil. Os anúncios levarão as mensagens: “Brazilian Chicken: levando qualidade para as famílias japonesas desde 1980” e “Brazilian Pork: qualidade e sustentabilidade na sua mesa e em mais de 70 países”.

Uma agência especializada no mercado japonês foi contratada para a ação de mídia off-line direto ao consumidor final, que contemplará 314 telas digitais de taxis, 32 telas digitais do Narita Express (trem que faz o transporte de passageiros da área urbana de Tóquio para o Aeroporto Internacional de Narita), 128 telas digitais no trem-bala que conecta o aeroporto ao centro da capital japonesa, além de telas instaladas nos aeroportos Narita e Haneda.

(mais…)

SINDASP tem Mandado de segurança para liberar cargas em processos retardados pela Receita Federal

publicado em 30 de novembro de 2016

O SINDASP – Sindicato dos Despachantes Aduaneiros de São Paulo – divulgou a todos os seus Associados que foi deferida liminar no Mandado de Segurança Coletivo impetrado pelo Sindicato contra a Receita Federal, notadamente, em relação à demora na análise e liberação de mercadorias atinentes aos processos registrados e em trâmite por todos os pontos alfandegados no Estado de São Paulo.

A entidade disponibilizou nos escritórios de apoio dos Aeroportos de Guarulhos e Viracopos modelo de “Atestado de Associado do SINDASP”, a fim de permitir que os associados do sindicato possam retirar o documento que venha identificá-lo como beneficiário da liminar ora concedida.

(mais…)

Em reunião no MDIC, executivos do Walmart detalham investimento de R$ 1 bilhão no Brasil

publicado em 30 de novembro de 2016

Secretário Marcelo Maia recebeu Dan Bryant, vice-presidente da Divisão Internacional do Walmart

O secretário de Comércio e Serviços do MDIC, Marcelo Maia, recebeu nesta terça-feira executivos do Walmart, que detalharam o investimento de R$ 1 bilhão para reformular lojas no Brasil.

“Estes investimentos confirmam a importância do Brasil nas estratégias da Walmart e demonstram a confiança da empresa na retomada do crescimento econômico”, afirmou Maia.

Participaram do encontro J. Welby Leaman, diretor de Assuntos Corporativos para a América Latina; Dan Bryant, vice-presidente da Divisão Internacional do Walmart; e Carlos Ely, diretor de Assuntos Corporativos do Walmart no Brasil.

(mais…)

Weber Haus já exportou para mais de 15 países

publicado em 30 de novembro de 2016

Em agosto, empresa gaúcha sediada em Ivoti fechou negociação com a Inglaterra

A Cachaçaria Weber Haus está em franca expansão no mercado internacional. Hoje a empresa sediada em Ivoti, no Rio Grande do Sul, já exportou para 16 países e, recentemente, fechou negociação com a Inglaterra. “Também estamos em tratativas com países como México, Peru, Chile e Rússia”, adianta o diretor da Weber Haus”, Evandro Weber. Recentemente, o alambique gaúcho esteve no México, onde participou do Barra México Premium Barx & Fine Spirits, encontro exclusivo dedicado às mais influentes indústrias de bebidas espirituosas do mundo.

Atualmente, o principal mercado exportador da Weber é o norte-americano. Os produtos Weber Haus estão presentes em 17 estados daquele país. Em 2015, a empresa também conquistou o paladar dos holandeses e dos dinamarqueses. A marca está presente ainda na Alemanha, China, França, Japão, Itália, Noruega e Suécia. “Vamos continuar na busca de novos parceiros para expandir a cultura da cachaça, a bebida símbolo do Brasil, pelo mundo afora. Queremos mostrar a originalidade e a qualidade dos produtos nacionais”, relata o executivo.

(mais…)

Indecisão do governo mantém frete marítimo 47,1% mais caro para o Chile

publicado em 29 de novembro de 2016

Estudo da FGV com 3 mil produtos mostra que acordo de transporte é prejudicial para o setor privado brasileiro. Câmara de Comércio Exterior decidiu pela denúncia, mas o ato ainda não saiu do papel

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) espera que a decisão unânime da Câmara de Comércio Exterior (Camex) em acabar com o acordo marítimo com o Chile se mantenha na reunião da Camex desta quarta-feira (30). Para o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, a denúncia do acordo é urgente e necessária para reduzir o preço do frete marítimo e permitir a competição na rota Brasil-Chile-Brasil.

O convênio marítimo bilateral é perverso para a competição, mantém apenas oito navios para atender 5 mil empresas e deu poder de monopólio para os transportadores no Brasil e no Chile.

Estudo inédito do Centro do Comércio Global e Investimento da Escola de Economia de São Paulo, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostra que o frete marítimo entre o Brasil e o Chile é, em média, 47,1% mais caro do que deveria por causa do acordo. Do Chile para o Brasil, a ausência do livre comércio criou um frete 37% maior.

(mais…)

MDIC lança estudo sobre oportunidades e desafios para a manufatura avançada no país

publicado em 29 de novembro de 2016

Documento é resultado de workshops realizados em sete estados com 300 especialistas e vai ajudar o Brasil a criar uma estratégia nacional de manufatura avançada

Um estudo inédito sobre o futuro da indústria no país foi lançado hoje pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços durante o seminário “Perspectivas de especialistas brasileiros sobre oportunidades e desafios para a manufatura avançada no Brasil”, realizado na sede do CNPq em Brasília. O trabalho, realizado em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), é resultado de workshops realizados em sete estados brasileiros durante este ano, dos quais participaram 300 especialistas em inovação.

Segundo o secretário-executivo do MDIC, Marcos Jorge de Lima, que representou o ministro Marcos Pereira no evento, o relatório vai subsidiar a elaboração de uma política brasileira para a manufatura avançada. “O Brasil precisa criar uma estratégia nacional nesta área, haja vista que, nos últimos anos, Alemanha, Estados Unidos e China, entre outros países, já lançaram iniciativas relacionadas ao tema”, disse Marcos Jorge.

(mais…)

Toyota anuncia a Temer e Marcos Pereira investimento de R$ 600 milhões no Brasil

publicado em 29 de novembro de 2016

Investimento na planta de Porto Feliz (SP) vai gerar 200 empregos diretos.

Após visita à fábrica da Toyota em São Bernardo do Campo, na manhã de ontem (28), o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, esteve reunido hoje com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, ocasião em que o CEO da montadora japonesa na América Latina, Steve St. Angelo, anunciou investimentos de R$ 600 milhões na planta de Porto Feliz (SP).

O investimento vai gerar 200 empregos diretos, afirma St. Angelo. O diretor de Comunicação e Assuntos Governamentais da Toyota, Ricardo Bastos, disse que o objetivo é nacionalizar o motor do modelo Corolla. “Serão motores usados para os Corollas vendidos para o Brasil e para América Latina”.

(mais…)

Seis acordos entre Brasil e EUA que estão prontos para sair do papel

publicado em 29 de novembro de 2016

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), agenda entre os dois países deve avançar a curto prazo. Empresários brasileiros e americanos se reúnem na próxima semana no Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos (CEBEU), em Brasília

A eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos não deve mudar o foco do setor privado brasileiro na relação entre Brasil-EUA. Apesar da transição ainda estar marcada pela incerteza sobre o futuro com a América do Sul, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) avalia que é possível avançar numa agenda de curto prazo.

Na quarta-feira da próxima semana, 7 de dezembro, os setores privados do Brasil e dos Estados Unidos se reúnem no Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos (CEBEU), na sede da CNI, em Brasília. A Confederação exerce atualmente a secretaria-executiva do conselho, que completou 40 anos em 2016. Confira seis acordos que estão próximos de serem finalizados pelos dois países:

(mais…)

Embaixadas brasileiras divulgarão regime de exportação do País

publicado em 29 de novembro de 2016

Objetivo é prestar assistência a empresas estrangeiras que desejam investir no Brasil ou importar produtos e serviços brasileiros

Importações e exportações nas ZPEs têm dispensa de licença ou de autorização de órgãos federais

Embaixadas e representações brasileiras no exterior irão divulgar o regime de Zonas de Processamento de Exportação (ZPE) do País, por meio dos Setores de Promoção Comercial (Secoms). O objetivo é prestar assistência a empresas estrangeiras que desejam investir no Brasil ou importar produtos e serviços brasileiros.

As Zonas de Processamento de Exportações são áreas de livre comércio com o exterior destinadas à instalação de empresas com produção voltada à exportação. Para efeito de controle aduaneiro, as ZPE são consideradas Zonas Primárias.

Como instrumento de política industrial, as Zonas buscam fortalecer a balança de pagamentos, atrair investimentos estrangeiros, aumentar a competitividade das exportações brasileiras, gerar emprego e difundir novas tecnologias no País.

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Página 30 de 302« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »