Qualidade do arroz brasileiro é diferencial para exportações

publicado em 18 de maio de 2017

Brasil é um grande produtor e consumidor de arroz, atrás somente da Ásia.

As exportações do arroz brasileiro estão pautadas na qualidade do grão. O produto não é o mais barato no mercado internacional, mas um dos melhores, com excelentes propriedades de cocção, sabor e translucidez, além de ser livre de defensivos agrícolas e do trabalho escravo. A constatação é de Gustavo Ludwig, gerente do Projeto Setorial Brazilian Rice.

“O mercado internacional reconhece a qualidade do nosso produto. O Peru, mercado que conhece arroz e compra qualidade, é o nosso principal destino para arroz beneficiado. Já os Estados Unidos, que é um grande concorrente, vem importando cada vez mais o cereal brasileiro”, destaca o executivo.

(mais…)

Brasil e Emirados Árabes Unidos negociam Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos

publicado em 18 de maio de 2017

Marcos Pereira e a embaixadora dos Emirados Árabes Unidos discutiram formas de ampliar investimentos e o comércio bilateral

O ministro Marcos Pereira e a embaixadora dos Emirados Árabes Unidos (EAU) no Brasil, Hafsa Abdula Al Ulama, se reuniram nesta quarta-feira, no MDIC, em Brasília, para discutir formas de ampliar investimentos e o comércio bilateral.

Na audiência com o ministro, a embaixadora afirmou que há interesse dos Emirados Árabes Unidos em firmar com o Brasil um Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos (ACFI). Marcos Pereira mostrou disposição em continuar a negociação para a assinatura do acordo, já assinado com outros oito países, e lembrou que existem grandes investimentos dos Emirados Árabes no Brasil.

(mais…)

Apex-Brasil leva 29 empresas para a SIAL China

publicado em 17 de maio de 2017

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) está organizando a participação de uma delegação de 29 empresas brasileiras na SIAL China 2017, a maior feira mundial de inovação em alimentos e bebidas do país, que será realizada entre os dias 17 e 19 de maio em Xangai. Serão 22 empresas e mais cinco tradings chinesas (que representam outras 7 empresas brasileiras) expondo e negociando seus produtos em dois pavilhões brasileiros, que compõem uma área total de cerca de 250 m².

“A China é um mercado estratégico para o Brasil, principal parceiro econômico, e ainda há muito a se explorar nesta relação bilateral. O importante durante uma feira da magnitude da Sial é poder apresentar aos compradores chineses e asiáticos um portfólio diversificado, além da soja e da carne. Mostrar que temos muito mais a oferecer em diversos outros complexos”, afirma o presidente da Apex-Brasil Roberto Jaguaribe.

(mais…)

Beautycare Brazil: bons negócios em feira em Dubai

publicado em 17 de maio de 2017

A participação de 42 empresas brasileiras de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos na Beautyworld Middle East resultou em US$ 20,1 milhões em negócios para os próximos 12 meses e US$ 6,1 milhões concretizados durante principal feira do setor nos Emirados Árabes Unidos, realizada de 14 a 16 de maio, em Dubai. A presença nacional é uma iniciativa do Beautycare Brazil, uma realização da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Com a proposta de potencializar oportunidades de negócios, o projeto setorial realizou ações diferenciadas durante a feira, como workshops de capacitação, área para demonstração técnica dos produtos, além do Projeto Comprador, que aproximou compradores vindos da Árabia Saudita, Marrocos e Argélia, convidados pelo escritório Apex-Brasil em Dubai para realizar reuniões com empresas expositoras.

(mais…)

CNI: burocracia no financiamento e garantias às exportações é entrave ao comércio

publicado em 17 de maio de 2017

Revisão de procedimentos para reduzir o tempo de aprovação no programa do BNDES Exim pós-embarque e do Fundo de Garantia às Exportações (FGE) e a criação de subsidiária do BNDES são necessários facilitar acesso às garantias

O sistema brasileiro de financiamento e garantias para as exportações é extremamente importante para impulsionar as vendas de produtos de alto valor agregado. Mas é preciso reduzir o tempo de aprovação tanto de linha de financiamento quanto de garantias para exportadores e investidores brasileiros no exterior, além de simplificar o processo de tomada de decisão. A avaliação é do especialista de Política e Indústria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Fabrízio Panzini.

Dados de 2015 e de 2016 mostram a relevância das linhas de financiamento. Para US$ 1 desembolsado pelo Proex Equalização, por exemplo, outros US$ 19 foram gerados em exportações. Operado pelo Banco do Brasil, o Proex Equalização é um mecanismo de financiamento à exportação para tornar as taxas de juros equivalentes às praticadas no exterior.

(mais…)

Abertas inscrições para o ENAEX 2017

publicado em 16 de maio de 2017

O evento, promovido pela Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), acontece dias 9 e 10 de agosto, no Rio, e terá como tema “Reduzir Custos para Exportar, Reindustrializar e Crescer”. A inscrição é gratuita e pode ser feita abaixo.

O encontro contará com a presença do ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, e reunirá especialistas, empresários e representantes do governo para discutir as principais questões relativas ao setor, tais como: transportes, logística, financiamento, novos mercados, negociações internacionais, sistema aduaneiro, serviços, inovação, competitividade e sustentabilidade.

(mais…)

Produtos do agronegócio sustentam recorde na balança comercial

publicado em 16 de maio de 2017

Os produtos do agronegócio foram responsáveis pelo recorde no superávit da balança comercial brasileira, de US$ 21.4 bilhões, no primeiro quadrimestre de 2017 – resultado 61% superior a igual período do ano passado. Um estudo feito pela Superintendência de Relações Internacionais (SRI), da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), mostra que, de janeiro a abril deste ano, as vendas externas do agronegócio brasileiro atingiram US$ 29 bilhões. Esse valor equivale a 42,6% do total das exportações do país no período.

O destaque ficou para as exportações do setor sucroalcooleiro, com crescimento de US$ 857.5 milhões nos açúcares bruto e refinado. A soja em grãos também teve bom desempenho, com adicional de US$ 1.9 bilhão nos primeiros quatro meses de 2017 na comparação com igual período do ano passado.

(mais…)

Kuwait libera importação de gado vivo do Brasil

publicado em 16 de maio de 2017

Anúncio foi feito durante visita do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, ao país árabe.

O Kuwait decidiu abrir seu mercado para exportações brasileiras de animais vivos, segundo informações publicadas pela Kuwait News Agency (Kuna) nesta segunda-feira (15). Segundo a agência, a decisão foi confirmada pela diretora-geral adjunta de Saúde Animal da Autoridade Pública para Agricultura e Recursos da Pesca do Kuwait, Zahra Al-Wazan, que no domingo (14) participou de reunião na Cidade do Kuwait com delegação do governo brasileiro liderada pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, na qual as autoridades kuaitianas manifestaram interesse na importação de gado, ovos férteis e pintos de um dia do Brasil.

O anúncio ocorreu depois de reunião de Maggi com o ministro de Estado das Municipalidades e presidente da Autoridade Pública para Agricultura, Mohammad Al-Jabri, e com o ministro da Indústria e Comércio do país, Khaled Nasser Abdullah Al Roudan, no final da tarde de segunda-feira.

(mais…)

Exportadores de aves, ovos e de suínos buscam negócios na China

publicado em 15 de maio de 2017

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), levará agroindústrias exportadoras de aves, ovos e de suínos para uma ação de promoção comercial e negócios, entre os dias 17 e 19 de maio, na SIAL China, em Xangai.

Ao todo, oito empresas estão confirmadas: BRF, Castrolanda, Coasul, GTFoods, JBS, Netto Alimentos, Vibra e SSA.

Durante o evento, a ABPA contará com uma área exclusiva para os exportadores de aves e de suínos, por meio dos Projetos Setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg e Brazilian Pork, mantidos pela ABPA e pela Apex-Brasil.

(mais…)

Certificados de Origem Digitais começam a valer no comércio entre Brasil e Argentina

publicado em 15 de maio de 2017

Com a utilização do COD, haverá uma redução em até 30% dos custos de tramitação e diminuição do prazo para emissão de certificados de origem

O comércio bilateral entre Brasil e Argentina poderá utilizar os Certificados de Origem Digital (CODs), com potencial de beneficiar um fluxo comercial de US$ 22 bilhões. As regras para a emissão de CODs estão disponíveis na Portaria Secex nº 18, de 11 de Maio de 2017, publicada no Diário Oficial da última sexta-feira (12).

A portaria estabelece as condições para entidades certificadoras de origem brasileiras emitirem o COD no comércio preferencial com a Argentina, no âmbito dos Acordos de Complementação Econômica nº 14 e nº 18. Com isso, concluem-se todos os trâmites para a efetiva utilização da certificação digital por parte dos operadores econômicos brasileiros nas operações com a Argentina.

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Página 3 de 31012345...102030...Última »