• Anuncie Aqui

Perspectivas sombrias nas contas externas

publicado em 25 de julho de 2013

SERGIO MOTTA
De Sérgio Motta *

Não foi por falta de aviso que a situação externa se deteriorou. Diversos economistas e instituições têm alertado o governo para o fim do período de vacas gordas nas contas do país. A alta de 72% no déficit de conta corrente, com perda de US$ 43,5 bilhões no semestre, é um sinal amarelo, próximo ao vermelho. A entrada de Investimento Estrangeiro Direto (IED) não irá compensar o déficit, o que obrigará o governo a elevar uma das dívidas: a interna ou a externa.

A perda semestral é a maior desde que se começou a computar esses números, em 1947. Ironicamente, se poderia dizer que “nunca antes, na história deste país, houve tamanha perda semestral nas contas internacionais”. São retiradas do mercado financeiro – tão volúvel, que durante muito tempo foi chamado de hot money, ou dinheiro quente; perdas com seguros, fretes, viagens ao exterior e remessa de juros. Felizmente, nem todas as estatais foram vendidas ao exterior, pois, em caso contrário, as remessas seriam ainda mais robustas.

(mais…)

México consolida abertura de mercado para avicultura do Brasil

publicado em 24 de julho de 2013

AVES
Autoridades sanitárias mexicanas aceitaram o modelo de certificação sanitária proposto pelo Ministério da Agricultura brasileiro

O presidente executivo da União Brasileira de Avicultura (UBABEF), Francisco Turra, foi informado hoje (24/07), que as autoridades sanitárias mexicanas aceitaram a certificação sanitária proposta pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) brasileiro para exportação de carne de aves e ovos férteis.

Com isto, conforme explica o presidente da UBABEF, está consolidada a abertura do mercado mexicano para a importação de produtos avícolas brasileiros.

“Entre os países pelos quais temos batalhado para abrir o mercado, o México é dos que têm maior potencial. Embora em caráter emergencial, vamos negociar para que essa abertura seja permanente, trabalhando com foco na complementaridade e em parceria com os produtores mexicanos”, destaca Turra.

A próxima etapa é a finalização da escolha, por parte das autoridades mexicanas, das plantas que poderão exportar para aquele mercado.

Portuários do Pará ameaçam paralisar atividades a partir de quinta-feira

publicado em 24 de julho de 2013

cdp
Os portuários ligados à Companhia Docas do Pará ameaçam paralisar, a partir de amanhã (25), por 24 horas, as atividades em todos os portos do estado. Caso a estatal portuária não cumpra os pontos acertados durante o acordo coletivo de 2011, nova paralisação, de 72 horas, está prevista para o dia 29.

Entre as reivindicações – respaldadas, segundo o Sindicato dos Portuários (Sindiporto-PA), por um acórdão do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região – está a de piso salarial de R$ 900, com reajuste de 9,22% retroativo à data-base iniciada em 1º de junho de 2011, auxílio-educação e pagamento de 50% da hora normal para o profissional de informática que fica à disposição da empresa depois do horário de trabalho.

(mais…)

E-book ensina como montar um departamento de exportação

publicado em 24 de julho de 2013

A cartilha eletrônica foi editada na versão digital e apresenta a sugestão da estrutura ideal de um Departamento de Exportação.

Muitas empresas reclamam que não conseguem exportar ou que as suas exportações não decolam. A profissionalização do departamento de exportação é uma das medidas iniciais para que a empresa consiga ter sucesso em suas vendas internacionais.

Pensando nesta necessidade de mercado o ExportNews disponibiliza o E-Book “Como montar um departamento de exportação”, de autoria do consultor em Comércio Exterior, Gilberto Campião.

(mais…)

Empresas brasileiras vão a feira no Iraque

publicado em 24 de julho de 2013

ERBIL
Cinco companhias já confirmaram presença na Feira Internacional de Erbil, em pavilhão organizado pela Câmara Árabe e Apex. Há espaço para mais e as inscrições seguem abertas.

A Câmara de Comércio Árabe Brasileira participará pela terceira vez da Feira Internacional de Erbil, cuja 9ª edição ocorrerá de 23 a 26 de setembro na região do Curdistão, no norte do Iraque. Em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), a entidade terá um pavilhão que já conta com cinco empresas expositoras confirmadas. Ainda há espaço para mais cinco.

Estarão presentes a Fanem, indústria de produtos médicos e hospitalares, o frigorífico Marfrig, a trading Sunfield, a Cibal, certificadora de produtos halal – preparados de acordo com a tradição islâmica -, e a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec).

A feira é multissetorial, portanto empresas de diferentes áreas podem participar. Entre os segmentos considerados com maiores oportunidades de negócios estão os de alimentos, construção civil, equipamentos médicos e hospitalares, moda, móveis, energia e de eletroeletrônicos.

(mais…)

Exportadores brasileiros de alimentos temem barreiras de nova lei americana

publicado em 24 de julho de 2013

Membros do governo e da iniciativa privada temem que a regulamentação da Lei de Modernização da Segurança Alimentar (FMSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos imponha barreiras não tarifárias às exportações brasileiras de alimentos para aquele país.

Em vigor desde 2011, a FMSA tem o objetivo de melhorar os processos destinados a garantir a segurança dos produtos consumidos nos EUA. Ao todo, a legislação precisará de 50 regulamentações específicas até junho de 2015.

Para a Confederação Nacional da Indústria (CNI) do Brasil, o risco é que o processo seja cooptado por grupos de interesse. “Risco de protecionismo disfarçado sempre existe”, afirma Diego Bonomo, gerente-executivo de comércio exterior da entidade.

(mais…)

Camex reduz Imposto de Importação para pás carregadeiras, escavadeiras e retroescavadeiras

publicado em 23 de julho de 2013

CAMEX
Foram publicadas nesta terça-feira (23), no Diário Oficial da União, a Resolução Camex n° 54, que altera a Resolução Camex n° 70/2012 e a Resolução Camex n° 55, que altera a Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum do Mercosul (Letec). A primeira medida, exclui da lista de elevações tarifárias, em vigor desde outubro de 2012, as pás carregadeiras. A partir de hoje até 31 de outubro de 2014, o produto terá o Imposto de Importação reduzido de 25% para 14% com cota de 300 unidades.

(mais…)

Fluxo cambial está negativo em US$ 2,48 bilhões neste mês até dia 19

publicado em 23 de julho de 2013

O saldo da entrada e saída de dólares do país, fluxo cambial, ficou negativo em US$ 2,484 bilhões, neste mês, até o dia 19, informou hoje (23) o Banco Central (BC).

A maior parte do resultado negativo veio do segmento financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações), com US$ 1,590 bilhão. O fluxo comercial (operações relacionadas a exportações e importações) também registrou saldo negativo, de US$ 893 milhões.

(mais…)

Contas externas têm déficit de US$ 43,4 bilhões no primeiro semestre

publicado em 23 de julho de 2013

AMAISDOLAR
O déficit em transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços do país com o resto do mundo, ficou em US$ 3,953 bilhões, em junho, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (23). No mesmo mês do ano passado, o resultado negativo alcançou US$ 4,393 bilhões.

No primeiro semestre, o saldo negativo das transações correntes ficou em US$ 43,478 bilhões, contra US$ 25,244 bilhões em igual período de 2012. O resultado no primeiro trimestre correspondeu a 3,82% de tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB).

A balança comercial, que integra a conta de transações correntes, registrou déficit de US$ 3,092 bilhões, no primeiro semestre. A conta de serviços (viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos, seguros, entre outros) ficou negativa em US$ 22,158 bilhões, enquanto a de rendas (remessas de lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários) registrou déficit de US$ 19,770 bilhões, nos seis meses do ano.

(mais…)

Reintegra é prorrogado e desoneração da folha chega ao varejo

publicado em 23 de julho de 2013

acalçados
Benefício que devolve 3% para exportadores vale até 31 de dezembro de 2013

O Reintegra, programa de incentivo às exportações do governo federal que devolve 3% do faturamento total com exportações para a indústria exportadora, foi prorrogado até 31 de dezembro de 2013. A medida, anunciada no Diário Oficial, será reatroativa à 4 de junho, quando venceu o benefício, é comemorada pelos calçadistas.

O presidente-executivo Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, ressalta que a medida torna a indústria brasileira mais competitiva frente aos desafios impostos no mercado externo, que vão desde a oscilação cambial até a concorrência desleal aos produtos asiáticos. Segundo o executivo, “a prorrogação do Reintegra representa um importante benefício para o setor exportador brasileiro e demonstra que o governo federal está empenhado na desoneração da produção e das exportações”.

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Página 241 de 263« Primeira...102030...239240241242243...250260...Última »