Brasil participa da Feira Foodex 2017, em Tóquio

publicado em 3 de março de 2017

Com uma expectativa de realizar negócios da ordem de US$ 55 milhões, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) leva 24 empresas à Foodex 2017, principal feira de alimentos e bebidas na Ásia, a ser realizada de 7 a 10 de março em Tóquio. A expectativa é que a delegação brasileira realize mais de 3 mil contatos comerciais durante o evento.

O Japão é o segundo maior importador de produtos brasileiros na Ásia e é também um dos países alvo do Plano Nacional de Exportações. A feira também recebe compradores de diversos países asiáticos com oportunidades para os produtos brasileiros, a exemplo da China, maior importadora do Brasil na Ásia, Coreia do Sul e Tailândia. “A Ásia é um mercado prioritário na estratégia da Apex-Brasil. Nos estudos realizados pela Agência, avaliamos que dentre os alimentos e bebidas com maior oportunidade no mercado japonês, estão a carne de frango, café, soja, milho, suco de laranja e de outras frutas como abacaxi, maçã, uva”, informa Christiano Braga, gerente de Promoções de Negócios da Apex-Brasil.

(mais…)

Quatro marcas associadas da ABEST participam de feira em Paris

publicado em 3 de março de 2017

Entre os dias 02 a 05 de março, quatro marcas associadas da ABEST participam da Premiere Classe Tuilleries, renomada feira de moda destinada à grifes de acessórios que acontece em Paris. As marcas participantes são: Ciao Mao, Regina Dabdab, SERPUI e Vert Shoes

Esta é mais uma ação promovida por meio do Fashion Label Brasil – Programa de Internacionalização da Moda Brasileira de Valor Agregado criado pela ABEST em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Após o sucesso da edição passada, a marca Ciao Mao retorna à França com novos objetivos. “Queremos aumentar nossa presença em países da Europa, como França, Portugal e Reino Unido e, principalmente, ingressar no mercado alemão, além de estabelecer novos contratos com lojas nos Estados Unidos.

(mais…)

Mais de US$ 1,15 bilhão em negócios fechados na Gulfood 2017

publicado em 2 de março de 2017

Os alimentos e bebidas brasileiros expostos na Gulfood 2017 tiveram excelente aceitação dos compradores do Oriente Médio e Norte da África. A expectativa de negócios das 85 empresas presentes na feira somou US$ 1,15 bilhão para os próximos 12 meses, número bastante superior ao da edição passada: US$ 728 milhões. A Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil) é a responsável por organizar a participação brasileira na Gulfood, principal feira de alimentos e bebidas da região. O evento aconteceu entre os dias 26 de fevereiro e 2 de março, em Dubai, Emirados Árabes Unidos.

“As carnes bovina e de frango, produtos já conhecidos no mercado árabe, foram o carro chefe. Mas podemos dar destaque também aos grãos brasileiros, que tiveram bastante peso nos nossos resultados”, afirma Christiano Braga, gerente de Exportação da Apex-Brasil.

(mais…)

Balança comercial tem melhor resultado para fevereiro desde 1989

publicado em 2 de março de 2017

As exportações ficaram em 15,472 US$ bilhões, superando os US$ 10,192 bilhões em importações

A balança comercial brasileira teve superávit de US$ 4,56 bilhões em fevereiro. Trata-se do melhor resultado para meses de fevereiro desde o início da série histórica do governo, em 1989. As exportações ficaram em 15,472 US$ bilhões, superando os US$ 10,192 bilhões em importações. Os dados foram divulgados hoje (2) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

As exportações cresceram 22,4% em relação a fevereiro de 2016 segundo o critério da média diária, que leva em conta o valor negociado por dia útil. As importações, por sua vez, cresceram 11,8%.

Do lado das exportações, os destaques foram as vendas de petróleo bruto (alta de 326,6% na comparação com fevereiro de 2016), minério de ferro (alta de 126,2%), soja em grão (107%), carne suína (40%), óleos combustíveis (480,7%), veículos de carga (38,8%), ferro fundido (139%), óleo de soja bruto (109,9%) e semimanufaturados de ferro e aço (92,6%).

(mais…)

Comitê Nacional de Facilitação de Comércio realiza primeira reunião em Brasília

publicado em 1 de março de 2017

CONFAC vai supervisionar implementação do Acordo sobre Facilitação de Comércio da OMC

O recém-criado Comitê Nacional de Facilitação de Comércio (Confac) realizou nesta sexta-feira, na sede do MDIC, sua primeira reunião para definir o plano de trabalho e o acompanhamento da implementação do Acordo sobre Facilitação de Comércio da Organização Mundial do Comércio (OMC).

A reunião ocorreu dois dias após a entrada em vigor, em âmbito internacional, do Acordo sobre Facilitação de Comércio. A criação dos comitês nacionais é uma exigência para que os países membros da OMC possam coordenar seus órgãos de governo na implementação das medidas nele previstas. O CONFAC também servirá de interlocutor entre o governo brasileiro e o Comitê de Facilitação de Comércio da OMC e de ponto focal para o tema no nível internacional.

(mais…)

Roberto Azevêdo é eleito para segundo mandato como diretor-geral da OMC

publicado em 28 de fevereiro de 2017

O embaixador brasileiro Roberto Azevêdo foi reconduzido hoje (28) pelo Conselho Geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) para um segundo mandato de quatro anos como diretor-geral da instituição. O novo mandato tem início em 1º de setembro deste ano.

Roberto Azevêdo era candidato único. Para o Ministério das Relações Exteriores brasileiro (MRE), esse fato expressa o amplo reconhecimento dos membros da OMC à contribuição do diretor-geral para os resultados alcançados pela organização durante seu primeiro mandato (2013-2017).

(mais…)

Demanda, produção e venda de produtos químicos crescem em 2016

publicado em 26 de fevereiro de 2017

Conforme dados preliminares da Abiquim, os volumes de produção, vendas internas e demanda dos produtos químicos de uso industrial do último bimestre do ano passado confirmaram o cenário positivo e de melhora das atividades do setor. No acumulado de 2016, sobre o ano anterior, todas as variáveis que medem o desempenho da química fecharam positivas, tendo sido puxadas pelos resultados especialmente do segundo semestre: índice de produção (+4,04%), vendas internas (+3,92%) e consumo aparente nacional – CAN (+5,2%). O nível de utilização da capacidade instalada melhorou dois pontos, fechando com média de 80%, permanecendo uma ociosidade expressiva e que precisa ser preenchida para que o País volte a atrair investimentos no setor.

A melhora no ambiente econômico e político, a partir de meados do ano passado, foi importante para o resultado positivo do setor. Na avaliação da diretora de Economia e Estatística da Abiquim, Fátima Giovanna Coviello Ferreira, a direção parece estar correta uma vez que houve percepção de melhora do ambiente geral de negócios. Destaca-se também o recuo da inflação, que deve fechar 2017 em um dígito, e a decisão do Banco Central em reduzir os juros a um ritmo mais acentuado. “Para a química, esses fatores possuem alta relevância, uma vez que o setor é fornecedor de produtos para uma vasta e ampla cadeia de outras indústrias”, explica.

(mais…)

Coreia do Sul abre mercado para Brasil exportar manga

publicado em 26 de fevereiro de 2017

Setor privado avaliará os aspectos tarifários e de logística para verificar a competitividade das vendas externas

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recebeu comunicado de que estão vigentes desde a última quarta-feira (22) os requisitos fitossanitários para a exportação de mangas do Brasil para a Coreia do Sul. As negociações com o país asiático, iniciadas em janeiro de 2004, foram tema de discussão bilateral durante a missão realizada pelo ministro Blairo Maggi à Ásia, em setembro do ano passado.

A partir desta decisão anunciada pelo governo sul coreano, o setor privado avaliará os aspectos tarifários e de logística para verificar a competitividade e efetividade de exportações da fruta para o país.

(mais…)

Vinho brasileiro inicia agenda de promoção no Rio Unido

publicado em 25 de fevereiro de 2017

No ano passado, as exportações brasileiras de vinhos para o Reino Unido aumentaram 87,55% em relação a 2015, atingindo US$ 760,4 mil, segundo dados do Sistema de Inteligência da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O resultado consolida o Reino Unido como o terceiro principal destino dos vinhos e espumantes brasileiros e o coloca em posição de destaque no calendário promocional do projeto de divulgação internacional Wines of Brasil, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) em parceria com a Apex-Brasil.

Na próxima semana, o Wines of Brasil dá a largada nas atividades de promoção na terra da rainha. Nas próximas segunda e quarta-feira, dias 27 de fevereiro e 1º de março, em Manchester e Londres, respectivamente, 12 vinícolas irão expor seus produtos no Sitt Spring UK. Essa é a quinta participação consecutiva do Wines of Brasil na iniciativa, que consiste em eventos de degustação voltados para jornalistas e profissionais de importação do setor. A expectativa é que sejam concretizados negócios estimados em US$ 200 mil. Estarão presentes as empresas Aurora, Basso, Campos de Cima, Casa Perini, Cave Geisse, Domno, Don Guerino, Famiglia Valduga, Grupo Miolo, Pizzato, Salton e Sanjo.

(mais…)

Marcas de moda brasileira participam de feira em Nova York

publicado em 25 de fevereiro de 2017

Na próxima semana, três marcas brasileiras desembarcam em Nova York para apresentar suas coleções de inverno 2017 na Coterie, importante feira de moda que acontece de 27 de fevereiro a 1 de março.

A participação das marcas Cecília Prado, Ciao Mao e Serpui é realizada por meio do Fashion Label Brasil – Programa de Internacionalização da Moda Brasileira de Valor Agregado criado pela ABEST em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Página 20 de 310« Primeira...10...1819202122...304050...Última »