• Anuncie Aqui

Mirando árabes, Brasil faz churrasco Halal na Alemanha

publicado em 7 de outubro de 2017

Buscando alavancar a venda de carnes aos árabes, a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira e a Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes) promovem um churrasco feito com cortes de carnes Halal aos participantes da Anuga, evento do setor de alimentação em Colônia, Alemanha. O Arab Halal Day, como foi batizado o evento, será no dia 10, no estande da Abiec na feira.

Abiec e Câmara Árabe querem chamar a atenção de cerca de 300 varejistas árabes esperados para o evento. Esta é a segunda vez que as duas entidades se juntam para promover a carne Halal brasileira no exterior. A primeira foi em 2016 durante a SIAL, outra importante feira do varejo europeu realizada na França.

Na Anuga, a executiva de negócios da Câmara Árabe Fernanda Baltazar vai estar no estande para atender os importadores e os associados da entidade. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, também é esperado na feira.

Os produtos Halal são aqueles produzidos segundo os princípios da religião islâmica. No caso das carnes, uma diferença marcante é o abate do animal, que precisa ser feito e acompanhado por profissionais muçulmanos, seguindo as regras da lei islâmica, desde a recepção do animal, até o embarque da mercadoria de modo a garantir a produção segundo os princípios religiosos e a qualidade sanitária do produto.

O presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun, destaca que o Brasil é o maior exportador de proteína Halal do mundo. “Os países árabes já são expressivos compradores de proteína animal brasileira e têm muito potencial de expansão”, ressalta. “Além disso, por meio deles, o Brasil tem a oportunidade de alcançar os demais mercados islâmicos do mundo”.

As exportações de carnes do Brasil para os 22 países da Liga Árabe somaram US$ 2,4 bilhões entre janeiro e agosto deste ano, um leve aumento de 0,77% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em volume, os embarques totalizaram 1,2 bilhão de toneladas no período. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e foram consolidados pela Câmara Árabe.

###

Sobre a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países árabes, foi fundada em 1952 e tem como missão aproximar comercialmente o Brasil dos países árabes, incrementando intercâmbios culturais e turísticos entre árabes e brasileiros. A entidade oferece diversos serviços de apoio ao comércio bilateral, como certificação de documentos, informações sobre mercados, traduções, eventos e workshops. Disponibiliza, também, o Espaço do Conhecimento Comercial, um centro de referência para pesquisas das relações entre o Brasil e os países árabes.

Sobre a ABIEC – www.abiec.com.br

Criada em 1979, a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC) reúne 31 empresas do setor no país, responsáveis por 90% da carne negociada para mercados internacionais. Sua criação foi uma resposta à necessidade de uma atuação mais ativa no segmento de exportação de carne bovina no Brasil, por meio da defesa dos interesses do setor, ampliação dos esforços para redução de barreiras comerciais e promoção dos produtos nacionais. Atualmente, o Brasil produz em torno de 9,1 milhões de toneladas de carne bovina, aproximadamente 20% são negociados para dezenas de países em todo o mundo, seguindo os mais rigorosos padrões de qualidade.

  • Anuncie Aqui