Arábia Saudita enviará delegação ao Brasil para prospectar negócios

publicado em 18 de maio de 2017

Blairo Maggi comandou delegação oficial ao país para estimular parcerias no agronegócio e em infraestrutura

Em mesa redonda com o tema Investimento no Brazil – Agronegócio e Infraetrutura , na Arábia Saudita, o ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) fez um relato sobre oportunidades de negócios e sobre a importância da agropecuária no país. Acompanhado de equipe do Mapa e de empresários, Maggi ouviu ao fim do encontro, nesta quarta-feira (17), do vice-presidente da Câmara de Comércio em Riad, Abdullah Mansour Al Shathry, que a Câmara vai preparar uma delegação para visitar o Brasil. A reunião antecede o encontro (B2B ou business-to-business) entre empresários brasileiros e sauditas, para discussão de projetos de investimento em áreas específicas do agro.

Al Shathry, considerou positivas as informações apresentados pelo ministro e disse que “se continuar, dessa forma, o Brasil será uma das cinco economias do mundo, em breve”. Blairo Maggi informou que o capital estrangeiro é respeitado no país, “podendo entrar e sair livremente” e que somente o lucro é tributado.

“O objetivo dessa viagem é ampliar os nossos negócios e agradecer pela oportunidade que nos deram nos últimos e pela confiança em nosso país”, disse Maggi. “Nós vivemos um momento de grandes transformações políticas e sociais também. O Brasil está se propondo a fazer reformas de base bastante profundas para maior solidez à economia”, afirmou.

O ministro destacou a participação de destaque no mercado mundial de alimentos e a capacidade dos brasileiros de lidar com diferentes costumes. “Isso fica demonstrado nos números da balança comercial, como o superávit agrícola”, observou.

Maggi informou sobre a legislação ambiental, a importância da preservação de 60% do território e de novas formas de produção integrada de lavoura e pecuária. E ainda sobre a sanidade da produção. “Seguimos todas as regras mundiais de segurança e de qualidade”.

Depois, Blairo Maggi foi recebido pelo seu colega Abdulraman Al-Fadly, titular da pasta do Meio Ambiente, Água e Agricultura (MEWA). Ambos reafirmaram compromissos da Arábia Saudita e do Brasil de seguirem firmes na cooperação para o comércio e a segurança alimentar. Abdulrahman al Fadly revelou interesse em aumentar parceria com empresas brasileiras.

O ministro visitou o SFDA – Saudi Food and Drug Authority, autoridade saudita para a defesa agropecuária, onde agradeceu o CEO da Saudi, Hisham bin Saad Al Jadhley, pela compreensão e suporte recebidos durante os eventos relacionados à Operação Carne Fraca, . A visita teve um simbolismo importante, de reafirmar laços de cooperação e de fortalecer a aproximação com o maior parceiro comercial no Oriente Médio, considerou o presidente da Embrapa. É mais uma etapa da “diplomacia para a cooperação e o comércio” que vem sendo executada pelo Mapa em parceria com o Itamaraty, disse Maurício Lopes.

Em missão ao Oriente Médio, Maggi esteve no Kuwait e visitará ainda Emirados Árabes e Catar. O ministro viaja acompanhado do presidente da Embrapa, Maurício Lopes, e do secretário de Relações Internacionais do Mapa, Odilson Silva.

Do mAPA

  • Anuncie Aqui