Aumento da alíquota do Reintegra é passo importante, avalia Abicalçados

publicado em 31 de outubro de 2014

ABICALÇA

Restituição tributária passará a ser de até 5% do valor exportado

Os exportadores de calçados avaliaram positivamente a notícia da aprovação no Senado Federal da MP 651/14 que, entre outras medidas, torna o Reintegra um programa permanente e com alíquota ampliada. Conforme o texto aprovado ontem (29), o programa de desoneração tributária para as exportações retornará até 5% do valor total exportado em produtos manufaturados, em forma de crédito, a título de restituição de tributos cobrados ao longo do processo produtivo dentro do Brasil. A alíquota anterior era de até 3%.

Para o presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, a medida demonstra um movimento importante de desoneração tributária para as exportações de manufaturados. “É um passo importante e demonstra a conscientização da classe política quanto à importância da desoneração tributária para o incentivo das exportações brasileiras”, avalia, acrescentando que a entidade espera agora que o setor seja enquadrado na alíquota máxima em razão das fortes perdas de competitividade.

(mais…)

Setor de doces define ações para o mercado externo

publicado em 31 de outubro de 2014

ABICAB
Projeto para as indústrias do ramo será centrado na divulgação internacional de produtos premium e nutracêuticos. Iniciativas de promoção externa priorizam oito países, incluindo Arábia Saudita e Emirados.

No próximo dia 18, a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) lançarão o projeto Sweet Brasil 2015/2016, que define as ações de promoção internacional do setor para os próximos dois anos. Entre os mercados-alvo para segmento estão Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos.

Além dos dois países árabes, Estados Unidos, Canadá, África do Sul, Rússia, Japão e Coreia do Sul também serão foco das ações internacionais da indústria de confeitaria brasileira. “Eu devo visitar os mercados-alvo do projeto para ver quais são as oportunidades reais para o segmento”, conta Rodrigo Solano, gestor de Exportação da Abicab.

“Em fevereiro, eu vou para a Rússia, e em novembro do ano que vem, pretendo fazer uma ação de relacionamento com as principais cadeias de distribuição do segmento nos Emirados e na Arábia Saudita”, afirma.

Outra ação que já está confirmada para 2015 é a ida de empresas do setor à feira Sweets & Snacks Middle East, em Dubai. Será a terceira participação das indústrias brasileiras do setor no evento.

(mais…)

Governo reforça compromisso com facilitação comercial

publicado em 30 de outubro de 2014

FACILI
O secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Daniel Godinho, e o secretário-executivo da Câmara de Comércio Exterior (Camex), André Alvim, participaram hoje do seminário ‘Facilitação de Comércio e o Brasil’, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Na ocasião, Godinho reforçou o compromisso brasileiro sobre o assunto. “O Brasil já elegeu como prioritário o tema da facilitação de comércio”, afirmou.

O secretário explicou que o governo trabalha com o projeto Portal Único de Comércio Exterior, lançado em abril deste ano, que, até 2017, irá reduzir o prazo de exportação de 13 para oito dias e o prazo de importação de 17 para dez dias. Com as medidas, estima-se que a economia anual das empresas que trabalham no comércio exterior poderá superar a R$ 50 bilhões. O objetivo é também ampliar a transparência, ao permitir que as empresas acompanhem pela internet o andamento de suas operações com detalhes.

Godinho revelou ainda que há três novidades do projeto que devem ser lançadas até o final deste ano. A primeira é a anexação de documentos relacionados às operações de exportação, o que irá eliminar em quase a totalidade o uso de vias em papel. Em complemento, o governo deverá lançar o sistema Drawback Isenção Web que facilitará o uso do mecanismo que permite a reposição de estoques de insumos importados e adquiridos no mercado interno, que são usados na industrialização de produto final já exportado. Por último, o secretário disse que o governo deverá disponibilizar ainda neste ano a nova Declaração de Exportação (DE).

(mais…)

CNI defende intensificação das relações comerciais entre Brasil e Paraguai

publicado em 30 de outubro de 2014

paraguai301014
Hélio Silva FIlho, chefe da Secretaria Comercial da Embaixada do Brasil no Paraguai; Paulo Tigre, vice-presidente da CNI e Ludmila Carvalho, analista de Políticas e Indústria da CNI

Estreitar as relações bilaterais e aumentar a integração comercial e produtiva será vantajoso tanto para o setor industrial do Brasil quanto do Paraguai. Em conversa com jornalistas daquele país sobre a Missão Empresarial Brasil – Paraguai, realizada até sexta-feira, o vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Paulo Tigre, defendeu a integração das cadeias produtivas dos países e falou sobre as oportunidades oferecidas pelo país vizinho ao empresariado brasileiro.

“A CNI assumiu um compromisso de encontrar as potencialidades de cada lugar, na busca por condições de produzir com mais competitividade. A cooperação bilateral entre Brasil e Paraguai será lucrativa e produtiva para os dois lados”, declarou.

(mais…)

Brasil será segundo maior produtor mundial de carne de frango

publicado em 30 de outubro de 2014

interna frigorifico
Em suas primeiras previsões sobre a produção das três principais carnes para o próximo exercício, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) visualiza o Brasil como segundo produtor mundial de carne de frango, atrás apenas dos EUA e ultrapassando a China, atual ocupante do segundo posto.

A ascensão brasileira à segunda posição na produção mundial de carne de frango decorre de dois fatores distintos. De um lado, aumento da própria produção brasileira em índice próximo de 3,5% – o que elevaria o volume de 12,680 milhões de toneladas (estimativa para 2014) para 13,115 milhões de toneladas.

(mais…)

Diretor da CNI aponta mudanças para estimular comércio exterior

publicado em 30 de outubro de 2014

Carlos-Abijaodi
Segundo Carlos Abijaodi, próximo governo deve estar atento à questões que incluam o Brasil à economia mundial. Ele conversou com internautas pelo Facebook nesta quarta-feira (29)

A indústria brasileira espera uma maior integração à economia mundial durante o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. A afirmação é do diretor de Desenvolvimento Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Carlos Abijaodi. Ele participou de uma conversa com internautas, no modelo Face to Face, realizada na página oficial da CNI no Facebook, nesta quarta-feira (29).

Segundo Abijaodi, para que o Brasil avance nas relações e acordos comercias, o próximo governo precisa estar atento a questões como a revitalização do Mercosul, o destrave do acordo com a União Europeia e a reforma de instituições de comércio exterior existentes, como a Câmara de Comércio Exterior (Camex), além de fortalecer a atuação do Ministério das Relações Exteriores (MRE) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

“Esperamos que o Brasil se integre mais à economia mundial, com base numa política comercial mais ativa. Para tanto, há a necessidade que a equipe analise, estude e absorva o conteúdo das nossas propostas sobre o desenvolvimento de mercados”, afirma.

(mais…)

Syndarma comemora 80 anos preocupado com Custo Brasil

publicado em 30 de outubro de 2014

SERGIO MOTTA
De Sérgio Motta *

O Sindicato Nacional das Empresas de Navegação Marítima (Syndarma), faz festa, nesta quinta-feira, no Rio, para comemorar 80 anos, mas seu presidente, Bruno Lima Rocha, apesar da alegria pela data, lembra à coluna que altos custos atingem diretamente o setor.

– A grosso modo, nosso custo de operação é 50% maior do que o dos concorrentes estrangeiros. Para sobreviver e crescer nas próximas décadas, precisamos melhorar a competitividade – afirma Lima Rocha, que é dirigente do tradicional grupo Wilson, Sons.

Há alguns anos, o governo criou o Registro Especial Brasileiro (REB), mas não foram concedidos os benefícios planejados e, assim, a pequena melhoria legal não ensejou a recuperação do setor. Por isso, o Syndarma luta pelo que chama de “REB efetivo”, ou seja, a exemplo de Inglaterra, Alemanha, França e Noruega, a permissão para que as empresas de navegação operem sob custos internacionais. Os Estados Unidos adotaram sistema diferente, que é a emissão – de forma pragmática – de cheques com subsídios diretos para as empresas.
(mais…)

Aprovado antidumpings para importação de imãs de ferrite e tubos de aço sem costura

publicado em 29 de outubro de 2014

CAMEX
Em reunião realizada nesta quarta-feira, em Brasília, o Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex) aprovou antidumpings para importação de tubos de aço sem costura da China e para as compras externas de imãs de ferrite da China e da Coreia do Sul.

A Camex aprovou a aplicação de direito antidumping definitivo (por até cinco anos) às importações brasileiras de tubos de aço sem costura, ligado ao cromo, com diâmetro externo nominal igual ou inferior a 141,3 mm, mas superior a 3 mm, independente da espessura da parede e do diâmetro interno originárias da China. O produto, classificado nos códigos 7304.51.19, 7304.59.11 e 7304.59.19 da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM), será recolhido na forma de alíquota específica fixa, conforme o quadro abaixo:

(mais…)

Camex altera Imposto de Importação de dois insumos para a indústria

publicado em 29 de outubro de 2014

Foi aprovada nesta quarta-feira (29), pelo Conselho de Ministros da Camex, a incorporação ao ordenamento jurídico brasileiro das Resoluções do Grupo Mercado Comum (GMC) nº 31/14, n° 34/14 e n° 35/14, relativas a alterações definitivas da Tarifa Externa Comum (TEC).

A Resolução GMC nº 31/14 altera a descrição da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM) de forma a adaptar os textos da TEC à versão acordada entre os países de língua portuguesa para o Sistema Harmonizado de Designação e Codificação de Mercadorias (SH).

Por meio da Resolução nº 34/14, o GMC aprovou a modificação da TEC referente ao desdobramento do código NCM 3911.90.29. Dessa forma, criou-se o código NCM 3911.90.27 específico para o cloreto de hexadimetrina. Assim, os produtos enquadrados no novo código NCM criado terão redução tarifária de 14% (alíquota da NCM original 3911.90.27) para 2%, em virtude da inexistência de produção nacional. O cloreto de hexadimetrina é muito utilizado na fabricação de produtos de higiene pessoal.

Já a Resolução GMC n° 35/14 refere-se ao pleito brasileiro de redução tarifária da adiponitrila de 12% para 2% (NCM 2926.90.91), em decorrência da inexistência de produção regional. Este produto serve como matéria-prima para a elaboração de diversas poliamidas que compõem tecidos utilizados na confecção de roupas íntimas, de banho e vestuário esportivo em geral.

(mais…)

Sistema Moda Brasil lança nova versão do site com informações da indústria

publicado em 29 de outubro de 2014

MODA BRASIL
O site do Sistema Moda Brasil (SMB) está de cara nova e traz informações, dados e eventos atualizados da indústria da moda brasileira, mostrando o potencial do setor que movimenta mais de US$ 90 bilhões por ano: de têxteis aos componentes de calçados, do couro às gemas e metais preciosos. Em sua nova versão a página reúne, em uma mesma plataforma, notícias e informações do setor, além de uma área dedicada a galerias de imagens e videos, tornando a apresentação do complexo moda ao público mais completa e visual.

O objetivo é apresentar a públicos estratégicos a moda sustentável, autêntica e criativa que é feita no Brasil e tornar as marcas brasileiras mais competitivas e reconhecidas no cenário nacional e internacional. O projeto tem a coordenação do MDIC e é executado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Entre as informações apresentadas estão as atividades da Brasil Fashion System, a marca de internacionalização da indústria nacional, gerenciada pelas associações do setor que possuem parceria com a Apex-Brasil.

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Page 1 of 35412345...102030...Last »