Apex-Brasil abre inscrição para novo processo seletivo

publicado em 26 de julho de 2014

APEX  ESCOLHA
Já estão abertas as inscrições para novo processo seletivo da Apex-Brasil. São 3 vagas para profissionais de nível médio e 1 vaga para nível universitário completo para atuar na cidade de Brasília.

(mais…)

ENAEX 2014 vai debater os problemas portuários

publicado em 26 de julho de 2014

enaex2014
Na próxima edição do Encontro Nacional de Comércio Exterior (ENAEX 2014), dias 7 e 8 de agosto, no Rio de Janeiro, entre os inúmeros painéis e debates que ocorrerão, a Câmara de Logística Integrada (CLI) da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) promoverá, em parceria com a Associação Brasileira dos Terminais Portuários (APTP), o workshop “O papel dos CAPs e a importância da gestão corporativa nos portos organizados nacionais”, com a apresentação do diretor-presidente da ABTP, Willen Mantelli.
Na ocasião será lançado também o “Manual do CAP”, que destaca a importância dos membros do Conselho da Autoridade Portuária na gestão dos portos brasileiros.

O encontro, que acontece dia 8 de julho, de 14h às 16h, reunirá os conselheiros dos 29 portos que contam com CAPs atuantes.

(mais…)

46ª cúpula do Mercosul vai discutir tarifa zero no bloco Bloco econômico

publicado em 25 de julho de 2014

A presidente Dilma Rousseff participará da 46ª Reunião de Cúpula do Mercosul, nos dias 28 e 29 de julho, em Caracas, na Venezuela. O encontro marca a volta do Paraguai ao bloco formado por Brasil, Argentina, Uruguai e Venezuela.

Na cúpula, também participam os chefes de estado da Bolívia, Chile, Peru, Colômbia e Equador, que comparecem como associados ao bloco.

No encontro, serão discutidas as relações do Brasil com países caribenhos, acordos entre Mercosul/Chile e Mercosul/Colômbia, e a vigência da tarifa zero.

(mais…)

Eventual racionamento de água pode causar impacto no faturamento das indústrias

publicado em 25 de julho de 2014

rachadura-001-300x206
Levantamento mostra que em cada três empresas, duas estão preocupadas com possível interrupção no fornecimento

A possibilidade de um racionamento de água ainda este ano é um fator de preocupação para 67,6% das 413 indústrias ouvidas em pesquisa realizada pelo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon) da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp).

A pesquisa foi apresentada na manhã desta quinta-feira (17/07) pelo presidente do Ciesp, Rafael Cervone, e o diretor de Meio Ambiente da Fiesp e do Ciesp, Eduardo San Martin, durante o seminário “Gerenciando a Escassez de Água na Indústria”, realizado na Regional das entidades em Campinas.

O levantamento foi feito entre os dias 12 e 26 de maio com 229 empresas de micro e pequeno porte (até 99 empregados), 140 de médio porte (de 100 a 499 empregados) e 44 de grande porte (500 ou mais empregados).

A pesquisa revela que são justamente as empresas de grande porte as mais preocupadas (75% ante 68,1% das pequenas e 64,3% das médias).

(mais…)

Brasil pode perder espaço no comércio mundial de carne de frango

publicado em 25 de julho de 2014

FRAMGOTE
O trabalho mais recente desenvolvido em conjunto pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) sugere, para os dez anos entre 2014 e 2023, expansão de 26% nas exportações brasileiras de carne de frango – média de 2,35% ao ano.

Uma vez que esses índices são inferiores aos previstos para as exportações globais de carne do frango do período – para elas é apontado incremento de 32,39%, média próxima de 3% ao ano – tal projeção significa perda de participação da carne de frango brasileira no comércio internacional. Uma queda de quase 5% em relação ao índice atual – de 31,44% em 2013 (números preliminares da OCDE/FAO) para 29,96% em 2023.

Mas tem mais: as mesmas projeções indicam que, na década em pauta, as exportações norte-americanas de carne de frango terão crescimento da ordem de 30,23%,o que significa não apenas desempenho melhor que o brasileiro, mas também que os EUA podem voltar a ocupar a liderança nas exportações mundiais de carne de frango, posição que o Brasil detém desde 2004. Ou seja: mesmo registrando pequena perda de participação no comércio mundial, a participação norte-americana passaria a ser ligeiramente maior que a brasileira – de 30,16% sobre o total exportado mundialmente.

(mais…)

Brasil proporá tarifa zero entre países do Mercosul, Colômbia, Chile e Peru

publicado em 24 de julho de 2014

MERCOSUL-1
O Brasil vai propor, terça-feira (29), em Caracas, na reunião dos presidentes dos cinco países-membros do Mercado Comum do Sul (Mercosul), a redução a zero das tarifas de importação de produtos entre o bloco e a Colômbia, o Peru e o Chile. Apesar de não pertencerem ao bloco, os três países mantêm acordos de redução de tarifas com os membros do Mercosul.

De acordo com o vice-secretário-geral da América do Sul, Central e do Caribe do Ministério das Relações Exteriores, Antônio Simões, o bloco já tem acordos de redução de tarifas de importação, a chamada desgravação tarifária. A intenção do governo é antecipar a vigência da tarifa zero.

“São acordos que têm, de um lado, o Mercosul e, do outro, a Colômbia, o Peru e o Chile e existem acordos entre eles. A proposta é que, nos acordos que já existem, que foram assinados e estão em vigor – entre Mercosul e Peru, entre Mercosul e Chile e entre Mercosul e Colômbia – antecipar o final do acordo, antecipar a vigência da tarifa zero. Hoje, conforme o que foi assinado, a tarifa zero viria no final de 2019. Nós propomos antecipar para o final deste ano,” explicou o embaixador.

(mais…)

PIB industrial fechará o ano com queda de 0,5%, prevê CNI

publicado em 24 de julho de 2014

ATIVIDADE INDUS
Segundo o estudo Informe Conjuntural, divulgado nesta quinta-feira (24), os investimentos cairão 2% e o consumo das famílias desacelerá para 1,5%

Informe ConjunturalA economia brasileira crescerá apenas 1% neste ano. A modesta expansão será resultado do crescimento de 1,5% do setor de serviços, da alta de 2,3% da agropecuária e da queda de 0,5% da indústria. As projeções estão no Informe Conjuntural do segundo trimestre que a Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga nesta quinta-feira (24). No estudo, a CNI revisa para baixo as estimativas para o desempenho da economia divulgadas em março deste ano. “As causas da forte desaceleração são várias e decorrem mais do ambiente doméstico do que da economia mundial”, diz o estudo.

Entre elas, está a inflação, que, na avaliação da CNI, deve fechar o ano em 6,6%, acima do limite máximo da meta de 6,5% fixada pelo Banco Central. “A inflação permanentemente elevada provoca o aumento dos juros e, consequentemente, a retração do crédito oriundo de bancos privados. A menor liquidez conduz ao progressivo enfraquecimento tanto do consumo das famílias como do investimento das empresas”, relata o Informe Conjuntural.

(mais…)

Pedágios da Ponte Rio-Niterói e da Via Dutra ficam mais caros a partir de agosto

publicado em 24 de julho de 2014

PONTE
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou os reajustes das tarifas de pedágio da Ponte Rio-Niterói e da Rodovia Presidente Dutra, a partir de 1º de agosto. A autorização foi publicada na edição de hoje (24) do Diário Oficial da União.

Na ponte, que liga a capital fluminense à cidade de Niterói, cortando a Baía de Guanabara, o valor será reajustado em 6,12%. Para os veículos de passeio, por exemplo, a tarifa passará de R$ 4,90 para R$ 5,20.

(mais…)

Parceria entre Abit e ABDI visa criar confecção do futuro

publicado em 24 de julho de 2014

abit,,
Para inovar no elo mais sensível da cadeia, só criando uma “Confecção do Futuro”. Ou seja, uma planta industrial têxtil de última geração, com modelo de negócio baseado em conceitos inovadores. O projeto que leva esse nome é um dos principais da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) em parceria com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção (Abit) para 2014. O objetivo é selecionar, projetar e colocar em operação a tal “Confecção do Futuro”, que servirá de referência aos empresários do setor como unidade de demonstração. “A ideia não é só gerir, mas criar ativos escassos. Ou seja, aspectos difíceis de copiar, como relações entre empresa, clientes, fornecedores e centros de pesquisa, ou mesmo a marca, que faz parte desse conceito mas não é necessariamente uma inovação”, explica Caetano Ulharuzo, especialista em projetos da ABDI.

A iniciativa é parte de um trabalho realizado desde 2007 entre ABDI, Abit, o Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil do Senai (Senai Cetiqt) e o Centro de Gestão de Estudos Estratégicos (CGEE), para estabelecer estratégias para a indústria têxtil em 15 anos (2008-2023), sinalizar tendências e formular um plano que aumente a competitividade do setor têxtil e de confecção brasileira, destaca Ulharuzo. Foi quando se chegou à conclusão de que o elo mais importante dessa cadeia é o de confecção – apesar de ser o mais fraco de todos.

(mais…)

Fluxo cambial está negativo em US$ 4,039 bilhões em balanço parcial de julho

publicado em 23 de julho de 2014

AFLUXO
As saídas de dólares do país superaram as entradas em US$ 4,039 bilhões, neste mês, até o último dia 18, de acordo com dados do Banco Central (BC) divulgados hoje (23). Na semana passada, o saldo positivo em US$ 1,388 bilhão não foi suficiente para mudar o resultado negativo parcial do mês.

A maior parte do saldo negativo de julho, até o dia 18, veio do segmento financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações), com registro de US$ 3,617 bilhões. Já o fluxo comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações) apresentou saldo negativo de US$ 422 milhões.
(mais…)

  • Anuncie Aqui

Page 1 of 32912345...102030...Last »