Dilma: EUA são parceiros importantes e trabalharei com Obama para aprofundar essa relação

publicado em 29 de junho de 2015

Presidenta-Dilma-visita-memorial-Martin-Luther-King
Dilma Rousseff ressaltou nesta segunda-feira (29), em Nova Iorque, ao encerrar o Encontro Empresarial sobre Oportunidades de Investimento em Infraestrutura no Brasil, que a parceria com os Estados Unidos é fundamental para que o País possa dar um novo salto no investimento em logística. “Os Estados Unidos, tanto no que se refere ao comércio quanto aos investimentos, são um dos parceiros fundamentais do Brasil”, afirmou.

A presidente disse ainda que pretende trabalhar bastante nesse sentido com o presidente Barack Obama, “em nossas reuniões de amanhã”, em Washington. “Pretendo também aproveitar todas essas boas reuniões que nós realizamos hoje, primeiro com grandes investidores financeiros, depois com grandes investidores na área produtiva e de serviços”, para alavancar a parceria entre os dois países.
Presidenta Dilma visita memorial Martin Luther King

(mais…)

Estados Unidos abertos para a carne bovina brasileira in natura

publicado em 29 de junho de 2015

carne eu katia abreu 3
Informação foi dada pela ministra Kátia Abreu, que se reuniu no Ministério da Agricultura dos EUA

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, anunciou há pouco que os Estados Unidos liberaram a importação de carne in natura de 13 estados brasileiros e do Distrito Federal, encerrando uma restrição praticada há 15 anos. A medida favorece a 95% da agroindústria exportadora brasileira. Agora caberá aos estados brasileiros e ao DF se habilitarem para a venda de carne in natura ao mercado norte americano.

“Temos que persistir obstinadamente em praticar uma defesa agropecuária de forma permanente. Vamos trabalhar para que o Brasil se situe entre os cinco países do mundo como referência agropecuária”, afirmou a ministra. “A presidenta Dilma Rousseff tem dado todo o apoio à defesa agropecuária e colocou seu peso político nas negociações com os Estados Unidos para alcançarmos essa posição”, disse Kátia Abreu.

(mais…)

Seminário reúne 400 investidores brasileiros e americanos em Nova Iorque

publicado em 29 de junho de 2015

965443-29062015-_r0v4533-editar
O Seminário Infrastructure Brasil realizado na manhã desta segunda-feira (29/6) em Nova Iorque, com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), contou com a presença de 400 investidores brasileiros e norte-americanos. A presidente Dilma Roussef encerrou o evento afirmando que o Brasil está aberto a investidores de todos os portes, ressaltando que há várias empresas norte-americanas instaladas no país há muitos anos e que ambos compartilham trajetórias comuns.

O Seminário foi aberto pelo Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, que em discurso destacou o cenário positivo que o Brasil oferece. Enfatizou a necessidade de investimentos em inovação e infraestrutura, e elencou as modalidades de investimentos possíveis – acionista, financiador e construtor – nos segmentos de logística, energia, petróleo, gás e telecomunicações. Barbosa explicou que os leilões são as melhores formas de capitalização do financiamento brasileiro.

Também a presidente Dilma Rousseff elencou o crescimento do país na produção de grãos e de veículos para destacar a demanda por infraestrutura. Acrescentou que os Estados Unidos têm uma estoque de US$ 116 bilhões (base de 2013) no Brasil.

(mais…)

Salão Moda Brasil gera R$ 700 milhões em negócios

publicado em 29 de junho de 2015

7LO_Visual_SMB_2015_SAN1-307x215
Encerrou-se na última terça-feira (23.06), em São Paulo, a edição 2016 do Salão Moda Brasil, evento voltado para marcas de lingerie, beachwear e fitness, além de empresas têxteis e de insumos. Com mais de 130 expositores, o evento atraiu cerca de 14 mil visitantes, entre lojistas e imprensa, e fechou negócios na ordem de R$700 milhões. Ao todo, 17 marcas do Texbrasil, o Programa de Internacionalização da Indústria da Moda Brasileira, desenvolvido pela Abit em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), participaram da feira: Cyann, De Chelles, Delfa, Hope Lingerie, Intensify.me, Lisa Riedt, Liz, Marcyn, Mash, Meias Lupo, Recco, Rosset, Rhodia, Terlizzi, TriFil, Zanotti e 2 Rios.

O Programa foi responsável por trazer ao Brasil para visitar o evento três compradores internacionais: Raquel Alves, da multimarcas Ayrê, de Angola; Pedro Fernandez, da Lenceria Giselle, do Paraguai, e Mario Oswaldo Lara, da loja D’Christian Maryuri, no Equador. Juntos, eles fecharam negócios no valor de USD 94 mil, com expectativa de USD 610 mil para os próximos 12 meses. “A feira foi muito produtiva, fiz vários contatos e pretendo suprir a demanda que a Angola possui de produtos como os que são produzidos no Brasil”, diz Raquel. Pedro Fernandez, por sua vez, exalta a qualidade e a variedade dos produtos. “A produção brasileira é muito avançada nos segmentos expostos na feira”, afirma.

(mais…)

Portal único de Comércio Exterior: recepção de documentos será exclusivamente digital até o final do ano

publicado em 29 de junho de 2015

ce
Em reunião realizada no Ministério da Fazenda, técnicos da, Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), da Receita Federal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente (Mapa) reafirmaram compromisso de conclusão dos ajustes internos em seus respectivos órgãos para que, até o final de deste ano, a recepção de documentos possa ocorrer totalmente de forma eletrônica, eliminando o uso de documentos em papel nos controles administrativo e aduaneiro das operações de comércio exterior.

A eliminação do papel nas operações de comércio exterior é uma das metas assumidas dentro do pilar de facilitação de comércio do Plano Nacional de Exportações anunciado na última quarta-feira pelo governo federal.

A Receita Federal e a Secex já estão operando no novo modelo desde janeiro deste ano. A partir de 1° de julho, a Receita Federal passa a operar exclusivamente com a recepção eletrônica de documentos. A Avisa, o Mapa e o Ibama assumiram o compromisso de concluírem esta etapa até o final de 2015. Segundo o Secretário de Comércio Exterior, Daniel Godinho, “o engajamento desses órgãos no esforço de eliminação do papel é central para o sucesso da iniciativa, já que eles são responsáveis por autorizar 25% das importações brasileiras”.

(mais…)

Feira ANUTEC BRAZIL promove relações internacionais para a indústria de tecnologia alimentícia

publicado em 29 de junho de 2015

anutec_brazil,,
Com exportações em alta a feira é oportunidade de estar em contato com o mercado externo, formar parcerias, trocar tecnologias e ampliar as oportunidades de negócios.

Com sua segunda edição já marcada para agosto de 2016 em Curitiba, a ANUTEC BRAZIL, feira voltada para o mercado de processamento, embalagens e indústria da alimentação tem como um dos principais objetivos promover as relações internacionais entre visitantes e expositores. Isso porque tem em seu DNA a organização da alemã Koelnmesse, uma das maiores promotoras de feiras do mundo, no mercado há 91 anos. Com parcerias estratégicas para 2016, um dos principais objetivos é tornar cada vez mais a ANUTEC BRAZIL um aliado da indústria brasileira na aquisição de novas tecnologias, na solução de problemas de produção e processos, na construção de rede de contatos e na geração de novos negócios.

Em agosto do ano passado, 81 empresas de nove países fizeram parte da primeira edição da feira e para este ano, já há reservas de pavilhões internacionais da Dinamarca, França e Itália. Além disso, grandes players do mercado internacional já confirmaram suas participações na feira como a Bizerba, Cabinplant, CSB-Systems, Haver & Boecker and Wenger, que são marcas líderes da Alemanha, Dinamarca e Estados Unidos e aumentam a gama de empresas de alta qualidade da ANUTEC BRAZIL 2016.

“Queremos permitir que a indústria brasileira de alimentos tenha a melhor visão das tecnologias disponíveis no mundo para o setor durante a ANUTEC BRAZIL. A alta qualidade de alimentos bem processados torna possível para a indústria brasileira exportar mais facilmente os seus produtos para outros países. Entretanto, o mercado brasileiro de processamento se beneficia do compromisso da Koelnmesse no Brasil: aproximar os fabricantes de máquinas de processamento das melhores tecnologias mundias para se tornarem competitivos no mercado nacional que possibilita aumentar significativamente o potencial de exportação do Brasil. Por último, mas não menos importante, a Koelnmesse – com sua carteira de comércio global na área de tecnologia de alimentos – abre para os produtores brasileiros acesso a um mercado global com alto padrão de qualidade”, explica Denis Steker, Vice-Presidente Internacional/Outbond Fairs da Koelnmesse GmbH.

(mais…)

Agronegócio brasileiro participa da maior feira de alimentos e bebidas especiais dos EUA

publicado em 29 de junho de 2015

feira nova york
43 empresas nacionais estão expondo na Summer Fancy Food Show, em Nova York

Com o objetivo de fazer negócios com o mercado norte-americano, empresas brasileiras do setor de alimentos e bebidas participam da missão comercial que visita a Summer Fancy Food Show, de domingo (28) a terça-feira (30), em Nova York. A feira é voltada para o segmento specialty food (produtos inovadores e diferenciados, como os gourmets, certificados e orgânicos).

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) – em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) – coloca à disposição dos empresários o Pavilhão do Brasil.

Quarenta e três empresas brasileiras do setor alimentício e de bebidas (vinhos, cachaça, arroz, sobremesas, produtos apícolas, molhos, massas etc) participam no espaço destinado a promover as marcas nacionais.

(mais…)

Setembro: mês do Brasil na Austrália

publicado em 29 de junho de 2015

AUST,,
Setembro será o mês do Brasil na Austrália, quando se comemorará o 70º aniversário das relações diplomáticas entre os dois países. A ideia é, por meio de eventos realizados ao longo do mês, promover maior diálogo e cooperação entre os dois gigantes do Hemisfério Sul nas áreas de comércio e investimento. Os eventos ocorrerão em Sydney, uma das melhores portas de entrada para a região da Ásia e Pacífico.

O Conselho Empresarial Austrália-Brasil está organizando uma missão empresarial ao país entre os dias 7 e 11 de setembro para empresas brasileiras interessadas em participar das ações. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) apoia a iniciativa.

(mais…)

Dilma conversa com empresários brasileiros formas de ampliar relações com EUA

publicado em 28 de junho de 2015

deua
No primeiro compromisso da viagem aos Estados Unidos, a presidente Dilma Rousseff se reuniu hoje (28), em Nova York, com empresários brasileiros com negócios no país e que integram a comitiva da presidenta. De acordo com a assessoria de imprensa do Itamaraty, o objetivo foi conversar com os empresários sobre formas de ampliar as relações com os Estados Unidos e ampliar os investimentos.
Saiba Mais

A reunião durou cerca de três horas, tempo em que Dilma Rousseff ouviu diversos os cerca de 20 empresários que participaram do encontro. Ministros das áreas do desenvolvimento indústrial, ciência e tecnologia e da área econômica acompanharam a presidente na reunião.

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, chegou a Nova York no início da tarde e conseguiu participar de parte da conversa com os empresários. Na véspera da viagem, Levy foi hospitalizado com embolia pulmonar e não pode viajar com a presidenta e comitiva. Ele seguiu ontem (28) à noite em voo comercial para Nova York e chegou no início da tarde de hoje (28) à cidade.

Levy conversou rapidamente com jornalistas ao chegar no hotel, disse que está bem e negou que tenha desobedecido ordens médicas para que não viajasse.

(mais…)

Calçadistas apostam no aumento de vendas no mercado externo

publicado em 28 de junho de 2015

Abicalados2,
O cenário econômico brasileiro, embalado pelo aumento da inflação, endividamento e o aperto proposto pelo ajuste fiscal do governo federal, não é o ideal para o setor calçadista. Pelo menos no mercado doméstico, já que as exportações podem – e devem – crescer ainda no segundo semestre, embaladas por um dólar mais valorizado e recuperação da economia mundial. Essa foi uma das análises realizadas dia 25, no Workshop Análise de Cenários, promovido em conjunto pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal). O evento, que recebeu mais de 150 pessoas no Hotel Locanda, em Novo Hamburgo/RS, contou com palestras diversas sobre macroeconomia, comércio exterior, consumo e varejo e tendências em uso de materiais no setor calçadista.

Abrindo o encontro dos calçadistas, o diretor da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Hélio Henkin, destacou que o mercado interno com menor capacidade de absorção da produção enseja a melhoria do posicionamento no mercado internacional. “Se a notícia não é tão boa no mercado interno, ela não é tão ruim no exterior”, disse, ressaltando que a perspectiva é de crescimento no comércio mundial. “A economia mundial deve crescer 3,5% em 2015 e 3,6% no próximo ano”, frisou. Segundo ele, o crescimento será impulsionado pelas economias avançadas, especialmente pelos Estados Unidos, que registrará crescimento superior a 3% no ano corrente. Os emergentes seguem crescendo, porém com menor intensidade. Henkin apontou que a Índia deve ultrapassar a China no índice de crescimento do PIB, chegando a 7,5% ante 6,8% do vizinho asiático.

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Page 1 of 41112345...102030...Last »