Abertas inscrições para encontro de negócios para mulheres na exportação

publicado em 28 de julho de 2016

A Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), por meio do projeto Mulheres na Exportação, convida empresas lideradas por mulheres para participar da rodada de negócios Apex-Brasil no 5º Fórum Empreendedoras 2016, que será realizado no dia 22 de setembro, em São Paulo (SP).

Promovido pela Rede Mulher Empreendedora, o fórum trará o tema “Tecnologia e inovação para mulheres empreendedoras”, contando também com mentoria e painéis temáticos com mulheres transformadoras – o objetivo é que suas vivências, histórias e ideias sirvam de inspiração e motivação para as participantes desenvolverem seus negócios.

(mais…)

CNA reafirma posição contra cobrança previdenciária sobre exportações agropecuárias

publicado em 28 de julho de 2016

O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, reuniu-se nesta quarta-feira (27/7) com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, para discutir a taxação das exportações de produtos agropecuários. Martins reiterou sua posição contrária à medida, em um momento de crise econômica e que os produtores rurais enfrentam margens de lucro cada vez mais reduzidas, por conta de fatores como a questão cambial e a alta dos custos de produção.

Esta é uma questão que tem preocupado o setor, em razão de proposta do governo de revogar a isenção de contribuição previdenciária para produtores rurais que exportam sua produção total ou parcial, sob o pretexto de aumentar a arrecadação de receita. “Somos veementemente contra qualquer forma de se taxar as exportações sobre a agropecuária e esperamos que o governo analise esta questão pela contribuição que temos dado para a economia”, justificou João Martins.

(mais…)

Exportação de bens de capital registra crescimento

publicado em 28 de julho de 2016

Vendas externas de bens de capital brasileiros somaram US$ 4 bilhões, um avanço de 1,1% sobre o mesmo período do ano passado. Quantidade embarcada, porém, aumentou mais de 10%.

As exportações brasileiras de bens de capital mecânicos somaram quase US$ 4 bilhões no primeiro semestre, um aumento de 1,1% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (27) pela Associação Brasileiras das Indústrias de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Em quantidade, os embarques cresceram 10,4% na mesma comparação.

Em julho isoladamente, as vendas externas renderam US$ 695,56 milhões, um avanço de 2,3% sobre o mesmo mês de 2015. Em relação a maio de 2016, as exportações de junho ficaram estáveis.

(mais…)

Brasil fecha entendimento com a UE para exportar mais

publicado em 27 de julho de 2016

Medida contempla carne de frango, peru in natura e açúcar

O Brasil fechou acordo com a União Europeia (UE) para aumentar as cotas de importação de carne de frango e de peru in natura (fresca e congelada) e açúcar, o que beneficiará as exportações brasileiras. Essa alteração é uma compensação pela entrada da Croácia no bloco europeu, já que as condições de acesso ao mercado croata eram mais favoráveis ao Brasil.
A exportação de carne de frango será acrescida de 4.766 toneladas e de peru, de 610 toneladas, com tarifa zero dentro do limite da cota. Já o açúcar será beneficiado com duas cotas, uma destinada aos produtores da Região Nordeste que terá um acréscimo de 78 mil toneladas. A outra cota é de 36 mil toneladas, volume que poderá ser utilizado pelo Brasil ou por qualquer país exportador de açúcar.

(mais…)

Alta do dólar impulsiona vendas externas e indústria de transformação exporta 15,8% da produção

publicado em 27 de julho de 2016

A indústria de transformação está substituindo insumos industriais estrangeiros por nacionais para reduzir os custos de produção

A valorização do dólar diante do real e a retração do mercado interno impulsionaram as exportações e reduziram as importações da indústria de transformação brasileira. A conclusão é da publicação Coeficientes de Abertura Comercial do primeiro semestre de 2016, divulgada nesta quarta-feira (27) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Conforme a publicação, nos últimos 12 meses encerrados em maio deste ano, o Coeficiente de Exportação, indicador que mostra a participação das vendas externas no valor da produção da indústria de transformação, ficou em 15,8% a preços constantes (excluídos os efeitos de variações dos preços), maior do que os 14,2% registrados em 2015. Isso reflete o crescimento das quantidades exportadas pela indústria de transformação, explica a economista da CNI Samantha Cunha.

(mais…)

Contas externas têm déficit de US$ 2,479 bilhões em junho

publicado em 27 de julho de 2016

Depois de dois meses seguidos de resultado positivo, as contas externas fecharam junho com déficit de US$ 2,479 bilhões, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados nesta terça-feira (26).

No primeiro semestre, o déficit em transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do país com outras nações, ficou em US$ 8,444 bilhões, bem menor que o resultado negativo de US$ 37,888 bilhões registrado em igual período de 2015.

(mais…)

Abinee aponta melhora nas expectativas para o segundo semestre

publicado em 27 de julho de 2016

Sondagem da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) indicou que 42% das empresas do setor eletroeletrônico esperam crescimento das vendas no segundo semestre. Segundo o levantamento, 33% das indústrias consultadas indicaram queda e 25%, estabilidade. “Há muito tempo não víamos as indicações de crescimento superarem as de queda. Ainda não há o que se comemorar, mas é um primeiro passo para sairmos do atoleiro em que fomos colocados”, diz o presidente da Abinee, Humberto Barbato.

A reversão de expectativas também se reflete na avaliação anual. Nas pesquisas de abril e maio realizadas pela Abinee, a expectativa de queda era maior que a de crescimento. Esta situação se inverteu na sondagem de junho, com 43% das empresas projetando crescimento em 2016, e 35%, retração.

(mais…)

Em evento na CNI, Marcos Pereira diz que país deslancha após impeachment

publicado em 26 de julho de 2016

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, afirmou nesta terça-feira, durante palestra na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que o Brasil deve retomar a rota do crescimento a partir do impeachment. “Precisamos sinalizar com medidas concretas a partir da confirmação do processo de afastamento da presidente Dilma, pelo Senado Federal, e das eleições municipais de outubro. Até lá, temos limitações”, disse.

Em palestra para os presidentes das principais federações da indústria, diretores e conselheiros eméritos da CNI, Marcos Pereira destacou a atuação do ministério como peça-chave para realizar as reformas necessárias ao desenvolvimento do país. O ministro fez uma avaliação sobre o atual cenário econômico, em que a indústria nacional passa por um momento desafiador, com a produção em retração desde 2014, queda na participação do PIB, saldo negativo no emprego formal e baixa produtividade.

(mais…)

Ministro da Agricultura viaja aos EUA para negociar comércio de carne bovina in natura

publicado em 26 de julho de 2016

Assinatura de acordo bilateral poderá incrementar as vendas brasileiras em US$ 900 milhões

O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) está em missão nos Estados Unidos para viabilizar o comércio de carne bovina in natura entre os dois países. Junto com ele, estão o secretário de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, o chefe do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal, José Luis Ravagnani Vargas, e o secretário substituto de Relações Internacionais do Agronegócio, Odilson Ribeiro e Silva. A viagem conta ainda com uma delegação empresarial, formada por representantes do setor produtivo de carnes e frigoríficos.

O Brasil já exporta carne bovina industrializada para os EUA. Em 2015, as vendas externas somaram US$ 286,8 milhões. Agora, o foco é a carne fresca e congelada. Segundo a Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio, a expectativa é incrementar as exportações brasileiras em US$ 900 milhões.

(mais…)

Diversidade de raças torna o Brasil mais competitivo no mercado mundial de carne

publicado em 26 de julho de 2016

“A diversidade de raças na pecuária de corte brasileira torna o país mais competitivo e capaz de atender vários mercados de carne no mundo”. A afirmação é do pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), Sérgio De Zen. O engenheiro agrônomo explica que, com os diferentes sistemas de produção e tecnologias utilizadas na produção de carne, o Brasil pode atender a demanda interna e, ainda, exportar para vários países.

O assunto será apresentado na palestra “Como Produzir Mais com Menos”, durante o Dia de Mercado da Pecuária de Corte, nesta sexta-feira (29/07), em Rio Branco, (AC). Promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (FAEAC), o evento tem por objetivo difundir conhecimento técnico e econômico gerado a partir do Projeto Campo Futuro, que acompanha o custo de produção e indicadores da atividade pecuária na região.

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Página 1 de 23812345...102030...Última »