Camex aprova antidumping definitivo para importações de dióxido de silício da China

publicado em 24 de abril de 2014

CAMEX
Foi publicada hoje, no Diário Oficial da União (DOU), a Resolução Camex nº 32/14 que aplica direito antidumping definitivo (até 5 anos) às importações brasileiras de dióxido de silício precipitado, originárias da China. O produto está classificado no código 2811.22.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM). O direito antidumping será recolhido sob a forma de alíquota específica fixa, conforme as especificações abaixo:

(mais…)

Portal Único reduzirá burocracia no comércio exterior, avalia CNI

publicado em 23 de abril de 2014

Mecanismo unifica sistemas dos órgãos envolvidos nos processos de exportação e importação e simplifica as operações de compra e venda de bens e serviços

O Portal Único de Comércio Exterior é um passo importante para a redução da burocracia e o aumento da competitividade dos exportadores brasileiros. A avaliação é do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, durante o lançamento do mecanismo de simplificação do comércio exterior, nesta quarta-feira (23), em Brasília. “A CNI acompanhará com atenção essa iniciativa e colaborará, em tudo o que for possível, para seu sucesso. Estou certo de que essa ferramenta ajudará, e muito, as empresas brasileiras”, afirmou Andrade.

A CNI acredita que o Brasil deve ter um compromisso urgente e inadiável com reformas estruturais, mas também precisa de medidas pontuais para melhorar o ambiente de negócios. Para os industriais, toda ação que permita a ampliação e a facilitação do comércio exterior deve ser estimulada, pois facilitar a entrada e saída de mercadorias contribui para dinamizar e internacionalizar as empresas brasileiras, com efeitos diretos sobre a produção industrial e o emprego no país.

(mais…)

Governo Federal lança o Siscomex – Portal Único de Comércio Exterior

publicado em 23 de abril de 2014

SISCOMEX B
O Governo Federal lançou hoje o Programa Portal Único de Comércio Exterior, que vai unificar todos os sistemas dos órgãos envolvidos nos processos de exportação e importação no país e simplificar as operações de compra e venda de bens. A meta final do programa é reduzir o prazo de exportação de 13 para oito dias e o prazo de importação de 17 para dez dias.

Coordenado pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) e pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB), o Portal Único vai permitir que as empresas apresentem as informações uma única vez aos órgãos federais, o que irá reduzir a burocracia e os custos de exportadores e importadores. Com as medidas, estima-se que a economia anual das empresas que trabalham no comércio exterior poderá superar a R$ 50 bilhões. O objetivo é também ampliar a transparência, ao permitir que as empresas acompanhem pela internet o andamento de suas operações com detalhes.

O embrião do sistema de guichê único brasileiro será o Portal Siscomex, que irá centralizar o acesso aos serviços e sistemas governamentais destinados à obtenção de autorizações, certificações e licenças para exportar ou importar e à legislação pertinentes às operações de comércio exterior. No mesmo portal, o sistema Visão Integrada do Comércio Exterior (Vicomex) facilitará o monitoramento das operações de comércio exterior, oferecendo aos usuários um painel de controle de suas operações, concentrando num só ponto informações até então dispersas em diferentes sistemas.

(mais…)

Fluxo cambial em abril tem saldo positivo de US$ 3,3 bi até dia 17

publicado em 23 de abril de 2014

AFLUXO A
No acumulado do ano, o fluxo cambial acumula saldo positivo de US$ 5,4 bilhões

Mais dólares entraram no país do que saíram, até o dia 17 de abril. De acordo com dados do Banco Central (BC), o saldo positivo ficou em US$ 3,375 bilhões.

O resultado positivo vem tanto do segmento financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações), com US$ 1,308 bilhão, quanto do comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações), com US$ 2,067 bilhões.

(mais…)

Abertas inscrições para o Enaserv 2014

publicado em 23 de abril de 2014

ENASERVE -
Estão abertas as inscrições para a quinta edição do Encontro Nacional do Comércio Exterior de Serviços (Enaserv 2014), que ocorrerá em São Paulo no dia 29 de maio. O evento, cujo tema será “Agenda Propositiva para as Exportações de Serviços”, é organizado pela Secretaria de Comércio e Serviços do MDIC e pela Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).

Na ocasião, além de lançar o Guia Básico de Exportação de Serviços, a SCS/MDIC divulgará as primeiras estatísticas Siscoserv e disponibilizará as perguntas e respostas mais frequentes sobre o Sistema.

Maurício do Val, diretor do Departamento de Políticas de Comércio e Serviço da SCS/MDIC, responsável pelas três entregas que serão feitas à sociedade, destaca que o Brasil dispõe de muitas ferramentas de apoio à exportação para bens e mercadorias, e no caso dos serviços, não é diferente.

(mais…)

Fórum discute relações comerciais entre Brasil-Tunísia

publicado em 23 de abril de 2014

TUNISIA
Encontro ocorrerá no dia 06 de maio na Fiesp e terá lideranças e empresários dos dois países. Ministro tunisiano da Indústria, Minas e Energia estará presente.

As relações econômicas do Brasil e da Tunísia serão tema de um fórum que vai acontecer no dia 06 de maio na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na capital paulista. O ministro da Indústria, Minas e Energia da Tunísia, Kamel Ben Naceur, estará no encontro acompanhado de uma delegação de empresários da nação árabe. O ministro também vai participar do relançamento do Conselho Empresarial Brasil-Tunísia, na sede da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, um dia antes do encontro na Fiesp.

No Fórum “Parceria Tunísia-Brasil: Oportunidades a abraçar” serão abordadas as oportunidades de cooperação econômica, negócios e investimentos entre os dois países. Falarão lideranças do setor empresarial tunisiano e brasileiro, além do próprio ministro. O relançamento do Conselho Empresarial será um dos temas do encontro. Ele foi criado em 2002 e reúne representantes de setor empresarial das duas nações. Com o relançamento, o grupo passará a ter representação de novos setores, como o de turismo, médico e farmacêutico.

(mais…)

Balança comercial: terceira semana tem superávit de apenas US$ 45 milhões

publicado em 22 de abril de 2014

ABALANÇA1
Com quatro dias úteis, a terceira semana de abril teve saldo comercial positivo de US$ 45 milhões. No período, as exportações foram de US$ 3,851 bilhões, com média diária de US$ 962,8 milhões. Este resultado é 1,5% superior à média de US$ 948,3 milhões, registrada até a segunda semana do mês. Neste comparativo, houve crescimento nas exportações de produtos manufaturados (7,3%), com destaques para aviões, óxidos e hidróxidos de alumínio, autopeças, motores e geradores e motores para veículos e partes. Entre os básicos (0,3%), o aumento se explica pelas vendas de minério de ferro, farelo de soja, carne de frango e bovina, e café em grão. Por outro lado, houve retrocesso nas exportações de semimanufaturados (-2,9%), por conta, principalmente, de açúcar em bruto, ouro em forma semimanufaturada e couros e peles.

As importações, na terceira semana de abril, foram de US$ 3,806 bilhões, com média diária de US$ 951,5 milhões. Pelo resultado médio diário, houve aumento de 0,9% em comparação com a média verificada até a segunda semana do mês (US$ 942,6 milhões). Cresceram os gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, plásticos e obras, e farmacêuticos. A corrente de comércio somou US$ 7,657, com desempenho médio diário de US$ 1,914 bilhão.

(mais…)

Pequenas empresas perdem espaço no mercado externo

publicado em 22 de abril de 2014

PEQUENAS EMPRESAS
Participação na balança comercial dos micro empreendedores cai a cada ano e não deve corresponder a 1% das exportações em 2013

Elas são a maioria, mas ficam com a menor fatia do bolo da exportação. E o pedaço diminui a cada ano. Nos últimos anos, as micros e pequenas empresas (MPEs) saíram de 2,6% do total das exportações no país, em 2004, para 0,9% em 2013, de acordo com dados preliminares do Ministério de Desenvolvimento da Indústria e Comércio (MDIC). Na balança comercial de 2012, que demonstra a divisão das exportações por porte de empresa, a categoria foi a que mais perdeu exportadores em relação ao ano anterior. Pelo menos 584 MPEs desistiram do mercado externo, descontadas as empresas que migraram para a categoria média.

Muitas vezes, o micro e pequeno empreendedor que pretende entrar no ramo da exportação esbarra em questões simples, como não dominar um idioma. “Entre os BRICs [Brasil, Rússia, Índia e China] somos o país com a menor cultura bilíngue, que pode ser uma barreira. Como colônia inglesa, até nessa questão a Índia tem mais facilidade para participar do mercado externo”, opina o coordenador adjunto do Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios (GVCenn) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP), Marcelo Aidar.

“Exportar não é para amadores. As exigências burocráticas, as normas regulatórias da indústria e o impacto dos custos na cadeia produtiva tiram a competitividade dos pequenos. Sem retorno financeiro, o empresário desanima”, explica Norbert Heinze, coordenador do conselho temático da Micro, Pequena e Média Indústria da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

(mais…)

Zona Franca de Dubai realiza seminários no Brasil

publicado em 21 de abril de 2014

Executivos da Jebel Ali Free Zone (Jafza), de Dubai, virão ao Brasil para apresentar aos empresários os benefícios de se instalar na zona franca do emirado. O seminário “Jafza Road Show” é organizado pela Jafza em parceria com a Câmara de Comércio Árabe Brasileira e com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O encontro será realizado em 28 de abril em São Paulo e em 05 de maio no Rio de Janeiro. Podem participar tradings, indústrias e exportadores de todos os segmentos.

O diretor-geral da Câmara Árabe, Michel Alaby, afirmou que a Jafza oferece condições para que empresas brasileiras finalizem seus produtos e os exportem a partir do porto de Jebel Ali. Entre as vantagens da zona franca estão a isenção de impostos e a localização privilegiada que permite acesso a grandes mercados consumidores.

(mais…)

Dilma pede urgente negociação com Argentina para destravar exportações

publicado em 17 de abril de 2014

Dilma_Rousseff_presidente1
Após mais de duas horas de reunião com o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, e representantes das 29 empresas associadas à entidade, a presidente Dilma Rousseff determinou que o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges, e o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Paulo Rogério Caffarelli, conversem rapidamente com o governo argentino para destravar as exportações para o parceiro do Mercosul.

Ao sair da reunião, Moan disse que Borges e Cafarelli disseram que estarão na Argentina já na próxima semana reiniciando a negociação. “A questão com o governo argentino foi uma restrição a importações de produtos do Brasil [no fim de 2013] e no dia 28 de março foi assinado um memorando de entendimento entre os dois governos determinando o fluxo de comércio. Só que para ser funcional necessita ainda de um ajuste na linha de financiamento da exportação brasileira para a Argentina”, disse.

O presidente da Anfavea disse que as restrições às vendas para a Argentina tiveram grande impacto sobre o setor. “Nós perdemos no primeiro trimestre 32% das exportações previstas. Então é um prejuízo bastante pesado”, disse Moan, explicando que, como as exportações representam cerca de 20% das vendas, o impacto global foi aproximadamente 7%. Nesta semana, os representantes já haviam discutido o assunto com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em São Paulo.

(mais…)

  • Anuncie Aqui

Page 1 of 30412345...102030...Last »